Jeffrey Macesin estava seguindo tranquilamente por uma avenida no município de Pincourt, na província de Quebec (Canadá), quando Avi Levy, oficial da lei, mandou ele encostar sinalizando com a lanterna. O motorista acabou levando uma multa por mexer em seu Apple Watch quando deveria estar concentrado na direção.

Ontem (27), Macesin deu uma entrevista para o canal CTV Montreal na qual ele informou que pretende brigar na justiça para contestar a multa no valor de CAD 120,00 (dólar canadense) que recebeu dias antes por usar o wearable para trocar de música enquanto estava ao volante.

Durante a autuação, o policial informou que de acordo com o código de segurança das estradas e rodovias do Quebec, é proibido o uso de aparelho de mão que incluam a função de telefone. Para Levy está claro que o Apple Watch na verdade é um dispositivo Bluetooth (que são permitidos pela lei) com capacidade de interagir com o smartphone.

No entanto, o código de trânsito ainda não está claro acerca de tais acessórios. Era apenas uma questão de tempo até que casos do tipo começassem a aparecer, completou Levy ao entregar a multa para motorista incrédulo.

Cupons de desconto TecMundo: