Caso você possua tatuagens, pode ser uma boa ideia pensar duas vezes antes de adquirir uma cópia do Apple Watch. Aparentemente, o relógio inteligente não se dá muito bem com a pele de pessoas que possuem algum desenho na região dos pulsos, chegando a agir de maneira bastante inesperada.

O problema é especialmente evidente quando o usuário em questão possui tatuagens feitas em cores escuras. Entre os recursos que deixam de funcionar está o monitor cardíaco do aparelho, que deixa de realizar leituras de forma precisa — além disso, em alguns casos o dispositivo sequer detecta o contato com a pele.

A publicação iMore realizou uma série de testes com o Apple Watch e comprovou a veracidade das reclamações de alguns consumidores. Segundo o site, as cores vermelha e preta são as que mais afetam o processo de leitura, podendo chegar a tornar o eletrônico praticamente inútil.

Embora seja possível desligar o sistema de detecção de pulsos do relógio para contornar o problema, a “solução” também traz alguns incômodos como a impossibilidade de usar o sistema Apple Pay. Claro, você também pode usar o aparelho em seu outro pulso (caso ele não esteja tatuado) ou esperar pelo lançamento de uma iteração do dispositivo que não apresenta essa limitação.

Cupons de desconto TecMundo: