Você já conferiu os preços do Apple Watch no Brasil aqui no TecMundo — e, muito provavelmente, ficou de queixo caído com o valor dos modelos mais luxuosos. Por isso, os dois vídeos desta matéria tem um gosto ainda mais especial. No clipe acima, o pessoal do site Cnet pegou um Apple Watch e realizou uma série de provas de resistência, para levar o relógio inteligente ao limite. Os "testes de tortura" foram realizados em uma cozinha comum e envolvem problemas cotidianos, como derrubar o aparelho em uma tigela com água ou deixá-lo cair no chão.

No primeiro teste, ele ficou mais de 10 minutos em uma tigela cheia de água. O resultado? Nenhum problema no funcionamento. Em seguida, ele passou por um ralador. Arranhões não foram detectados, mas uma película externa começou a se descolar. Leves pancadas com uma faca também não causaram nenhum dano.

Em seguida, ele encarou sem danos uma mistura de vinho, maple syrup, ketchup e outros ingredientes. Depois de alguns minutos em água fervente, uma novidade: ele recebeu um aviso de alta temperatura e reiniciou sozinho. O teste final foi a clássica prova de queda, realizada com diversos gadgets novos. O relógio continuou funcionando. Na última prova, de pressão, uma frigideira pesada foi derrubada em cima do Apple Watch, trincando completamente o vidro.

Segundo teste

No segundo teste, realizado pelo TechRax, as provas são realizadas de forma mais aleatória e de uma altura relativa ao pulso do usuário (1,06 metros). O Apple Watch é a versão Sport.

Na primeira queda, simulando a pulseira solta, nenhum problema. Com o display sendo derrubado com o display diretamente apontado para o chão, os danos são enormes — enfurecendo o responsável pelo vídeo, que culpa a Apple pela falta de resistência do display. Logo depois, ele passar a jogar com força o relógio no solo, descolando os componentes internos.

Cupons de desconto TecMundo: