A Apple não está nem um pouco feliz com a participação surpresa do cantor Drake em um evento promovido pela Tidal – rival do aplicativo Apple Music. O problema é que Drake possui um contrato de exclusividade com a Apple Music (no valor aproximado de US$ 19 milhões), porém ele estava presente no Lil Wayne Lil WeezyAna Fest em Nova Orleans, evento realizado para angariar fundos para as crianças afetadas pelo furacão Katrina e transmitido por stream pelo Tidal.

Por isso, o Tidal teve que parar o stream do festival durante o pequeno show de Drake para evitar futuros problemas. Para termos noção, ações judiciais no valor de até US$ 20 milhões poderiam ser feitas caso a exclusividade de Drake fosse rompida. Supostamente, o contrato de Drake com a Apple exige que ele entregue um álbum e que também seja presença constante no iTunes Radio, além de manter os termos de exclusividade.

Os executivos da Apple Music se disseram chateados pelo fato de Drake aparecer no Lil Wayne Lil WeezyAna Fest em Nova Orleans. Abaixo você pode conferir os tweets do Tidal sobre o ocorrido:

Cupons de desconto TecMundo: