Relatório de segurança da Symantec alerta a todos

Fonte da imagem: reprodução do site oficial da Symantec

Um estudo realizado pela empresa de segurança Symantec mostra a evolução das ferramentas de invasão e contaminação dos computadores. Neste estudo é revelado que depois de muito tempo trabalhando para pequenos criminosos, os crackers decidiram ampliar os negócios e agora vendem os toolkits (ferramentas de quebra de segurança e invasão) para quaisquer consumidores.

A Symantec lembra que tais programas existem desde o DOS e evoluirão tanto que agora possuem interface gráfica e podem ser utilizados como outros softwares comuns. Outra novidade que impressiona é quanto ao suporte oferecido pelos crackers. Os interessados nos produtos não apenas têm as ferramentas, mas também conseguem a ajuda dos profissionais da área para invadir e aperfeiçoar suas pragas virtuais.

No documento divulgado pela Symantec há a informação de que o software ZeuS custava US$ 4 mil, todavia teve seu preço dobrado na segunda versão. O ZeuS é um toolkit que possibilita gerar softwares maliciosos, trojans e diversos tipos de pragas que podem ser instalados com facilidade em muitas máquinas desprotegidas.

O ZeuS tem como objetivo principal roubar detalhes de contas bancárias, senhas de email e outros informações privadas. O software já gerou muito prejuízo em diversos países, alcançando números acima de 70 milhões de dólares. Além de causar sérios problemas financeiros às vítimas, o ZeuS consegue esconder o rastro por onde passa (o que torna muito difícil identificar quem recebeu o dinheiro) e ainda por transformar o PC em uma máquina Zumbi — a qual ajudará as invasões futuras.

Como se prevenir?

Primeiro, vale salientar que “desprotegido” não significa que determinado computador não tenha um software de segurança instalado, mas que a máquina pode ter diversas brechas em plugins (como o Adobe Flash) utilizados no navegador. A primeira maneira para se proteger é manter todos os aplicativos sempre atualizados, principalmente o Java, o Flash e demais complementos utilizados no cotidiano.

Evidentemente, aplicativos de segurança também são recomendados, pois eles impedem que as portas do roteador sejam abertas com facilidade e monitoram por atividades e alterações suspeitas nos arquivos principais do sistema operacional.

Cupons de desconto TecMundo: