Tutorial publicado pela Avira ajuda a contornar o problema (Fonte da imagem: Avira)

Quem usa o Avira deve ficar atento. De acordo com o comunicado publicado no site da empresa de antivírus, uma atualização recente faz com que o software passe a interpretar alguns processos críticos do Windows como se fossem malwares. Entre os executáveis detectados incorretamente, estão “explorer.exe”, “rundll32.exe” e outros.

A atualização em questão eleva o número de versão do software para 8.2.10.64 e, portanto, fica fácil conferir se o seu antivírus também foi afetado. Até mesmo aplicações de terceiros, como o Google Talk e Opera, podem ser prejudicadas por essa atualização problemática.

O bug atingiu os produtos Avira Antivirus Premium, Avira Internet Security, Avira Small Business Security Suite, Avira Endpoint Security e Avira Professional Security. Felizmente, a versão gratuita do antivírus continua funcionando normalmente.

Para resolver o problema provocado pela atualização, consulte o tutorial publicado pela Avira em seu site oficial.

Fonte: Avira

Cupons de desconto TecMundo: