Uma das recomendações que os usuários de computador mais escutam é: “tenha um antivírus instalado em sua máquina”. Afinal, podemos ser afetados por tantas mazelas enquanto utilizamos o nosso dispositivo. Além de vírus e malwares, ataques de hackers e a prática de phishing são apenas algumas das técnicas usadas por pessoas mal-intencionadas para prejudicar os outros.

Entretanto, acredite ou não, a recomendação de ter um antivírus instalado em sua máquina nem sempre deve ser seguida ao pé da letra. Há ocasiões em que isso não se faz necessário, dispensando a utilização de um programa dessa categoria. Porém, convenhamos: essas são situações bem específicas, mas vale ficar atento para saber se você não está enquadrado em uma delas.

1. Se você for um hacker

Antes de mais nada, é preciso lembrar que o termo “hacker” aqui faz referência àquele profissional com grandes conhecimentos que trabalha em prol de uma atividade específica. Não estamos falando do criminoso que invade sistemas, rouba senhas e dados alheios e causa prejuízo para as pessoas. Muito embora esses dois perfis possuam o mesmo tipo de conhecimento, cada um o utiliza para fins diferentes.

Portanto, se você for um hacker (bom ou mau) e o seu trabalho é invadir outras máquinas e realizar ataques (seja para testes, seja para prejudicar sistemas), você provavelmente não precisa de um antivírus. Afinal, se você está acostumado a fazer isso com computador e servidores, com certeza vai saber como proceder se contrair algum tipo de vírus.

Se você for um hacker

2. Se o seu PC roda em Linux

Aqui também é preciso dar um esclarecimento: não estamos dizendo que não existem vírus para sistemas Linux. Na realidade, eles existem aos montes e geralmente são muito mais complexos do que aqueles que infectam outros sistemas operacionais.

Porém, se você tem a habilidade para lidar com sistemas operacionais abertos, é muito provável que você também saiba impedir todo tipo de ataque. Além de agir preventivamente, esses usuários são capazes de fazer manutenções caso a máquina seja invadida ou infectada por um vírus.

Se o seu PC roda em Linux

3. Se o seu PC só funciona offline

Não é uma regra, mas geralmente é bem aplicada: se você só usa o seu computador sem nenhum tipo de conexão com a internet, você provavelmente não precisa de um antivírus. Essa é para as pessoas que utilizam a máquina para jogar paciência ou campo minado e editar documentos simples.

Porém, mesmo que você não conecte o seu computador à internet, isso não significa que ele está imune aos vírus. Se você pretende se manter nessa condição e dispensar a necessidade de usar um software antivírus, nunca espete um pendrive nele e use a internet.

Se o seu PC só funciona offline

4. Se seus dados não são importantes

Você é um daqueles que não dão a mínima para as informações que compartilham pela internet e têm guardadas em seu disco rígido? Nesse caso, você também não precisa de um software antivírus em sua máquina.

Afinal, por que se preocupar com segurança se você não dá a mínima para os seus próprios dados?

Se seus dados não são importantes

5. Se você já possui um antivírus

Agora, se o seu computador já possui um antivírus, você não deve instalar outro programa dessa categoria em sua máquina. Possuir dois softwares desse tipo pode consumir muita memória do sistema, dificultar a limpeza e até fazer os programas entrarem em conflito entre si.

Essas são, inclusive, as principais razões que levam as pessoas a reclamarem desse tipo de software, quando na verdade o erro está em usar dois antivírus ao mesmo tempo. Portanto, se você já tem um programa desse tipo, não instale outro em sua máquina.

Se você já possui um antivírus

.....

Se você não se enquadra em nenhuma das categorias descritas acima, é muito importante ter um antivírus instalado em sua máquina. Quando for procurar um programa desses, dê preferência àqueles que possuam um sistema anti-spam para livrá-lo de emails fraudulentos.

Também é importante escolher um antivírus que ofereça um firewall confiável que vai protegê-lo caso algum tráfego maligno apareça no seu caminho se fazendo passar de insuspeito. Outra boa ideia é ter uma opção que possua atualização automática de softwares, pois hackers exploram justamente as vulnerabilidades de programas desatualizados para realizar seus ataques.

Cupons de desconto TecMundo: