Imagem de: Os ataques em aparelhos Android estão mirando os seus dados financeiros

Os ataques em aparelhos Android estão mirando os seus dados financeiros

1 min de leitura
Avatar do autor

De acordo com um relatório publicado pela Kaspersky, houve um aumento significativo na quantidade de ataques malware visando obter dados financeiros em 2014, principalmente contra o Android.

Considerando que o sistema operacional da Google é um dos mais populares, com maior base de usuários no mundo, não é de se surpreender que ele seja um dos alvos mais visados pelos criminosos.

Os dados levantados pela Kaspersky apontam que o número de ataques contra o Android passou de pouco mais de 710 mil em 2013 para mais de 2,3 milhões em 2014. Em 2013 os alvos foram 212 mil pessoas; no ano seguinte, o número aumentou em 3,64 vezes, subindo para 775 mil usuários em todo o mundo.

Inimigo por SMS

Apesar de o começo de 2014 ter sido marcado por uma diminuição no número de malwares do tipo Trojan-SMS, a segunda metade do ano mostrou um crescimento constante em ataques do tipo, com um pico maior em dezembro, época marcada pelo aumento de compras online e também de pessoas mal-intencionadas tentando aplicar golpes.

De olho na carteira

Entre todos os ataques bloqueados por produtos da Kaspersky Lab em aparelhos Android no ano passado, 48,15% usavam Trojan-SMS e Trojan-Banker, usados principalmente para obter dados financeiros. E apenas três malwares estavam relacionados a 98% das tentativas de fraudes do tipo Trojan-Banker: Faketoken, Svpeng e Marcher.

Os dois últimos são voltados para roubar credenciais de banco e informações de cartão de crédito em dispositivos infectados. Já o Faketoken é capaz de interceptar códigos MTAN de sistemas de autenticação e encaminhar para criminosos.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Os ataques em aparelhos Android estão mirando os seus dados financeiros