Alguns casos de erros engraçados - ou trágicos - dos corretores ortográficos

Diariamente encontramos alguma reportagem, artigo, propaganda ou o que o valha ressaltando – e as vezes até agradecendo – os avanços que a tecnologia tem obtido para facilitar a comunicação entre as pessoas.

Redes sociais, plataformas móveis – smartphones e tablets – e uma infinidade de facilitadores da comunicação nos cercam, e muitas vezes nem percebemos. Porém, o Baixaki resolveu mostrar a todos que uma dessas ferramentas que pode complicar muito mais do que ajudar: o corredor ortográfico automático.

Você talvez já tenha passado por isso: uma mensagem no celular que faz todo sentido, à exceção de uma palavra completamente descabida. Quase certeza que esse término não foi escrito pelo usuário, mas pela máquina que – graças a sua programação – acha que sabe expressar uma ideia melhor que um humano.

Não me entendam mal, eu gosto de tecnologia, uso esses equipamentos para comunicação, porém, sinceramente, nunca testei um desses corretores automáticos que prestasse. Não sei se fico feliz ou não, mas pelo menos não me sinto sozinho, já que muitas outras pessoas também sofrem da maldição do corretor ortográfico. Veja só:

Só um sanduíche

Uma das primeiras experiências negativas com os malditos corretores ortográficos aconteceu quando uma amiga, por indicação minha, comprou seu primeiro iPhone. Assim que saiu da loja ela me enviou, em uma mensagem, um convite muito especial.

Um inocente sanduíche pode ter se traumatizado dessa vez.

Como você pode ver, o inocente "sanduba" para o qual fui chamado, no aparelho da Apple, é mais bem definido como uma atividade digamos... estranha. Resultado: Não temos mais contato, tamanha a vergonha que ela sentiu.

Ninguém está a salvo

As hérnias de hiato do amigo ganharam superpoderes

Em uma ocasião completamente diferente, mandei uma mensagem do meu aparelho Android para uma primeira médica, perguntando sobre hérnias, já que ouvi um colega de trabalho reclamando do problema. Até aí nenhum problema, se ela não tivesse recebido perguntas muito mais indicadas a um fã de histórias em quadrinhos.

Os deuses devem ficar loucos

Doenças divinas, talvez?

Afinal de contas, comparar as vinhadas do Olimpo e suas histórias com doenças e coisas do gênero não dever ser algo recomendado. Dependendo do deus em questão, há até mesmo risco de ser atingido por relâmpagos!

Pegou mal

Era pra dizer

Ainda nos SMS – que correm mais riscos de sair com algo errado do que e-mails, por exemplo – certa vez recebi uma mensagem de uma amiga reclamando de um erro em um texto, ao qual prontamente respondi: "Desculpa, fui tapado nessa :-( ...". Basta dizer que, como vocês podem ver, ela recebeu algo bem diferente e um tanto quanto comprometedor.

Caso do acaso

Nomes pouco comuns são vítimas frequentes do corretor automático

Você já tentou mandar mensagens, emails ou mesmo comentar com alguém – através de um iPhone ou Android – que vai sair com seus amigos e, entre eles havia alguém com um nome menos usual? Em um desses eventos, vi um colega chamado Alessio virar uma entrada para carros e a Heliara receber ares de apresentadora de TV! Ninguém merece isso.

Teste de fogo

Perceba que nem mesmo o Baixaki conseguiu escapar das garras do corretor ortográfico. Como a idéia deste artigo é mostrar que essas ferramentas costumam atrapalhar mais do que ajudar, foi justo utilizar um aparelho Android para escrevê-lo.

Nem mesmo o Baixaki escapou das falhas do corretor ortográfico automático

A experiência é – sinceramente – traumática. A quantidade de vezes em que frases inteiras foram completamente estradas pela correção automática é grande demais para contar. Você vai perceber, inclusive, que algumas palavras neste artigo ainda estão alteradas.

....

Em algumas situações é possível entender o que a pessoa pretendia dizer mesmo que a palavra não fosse aquela, mas na grande maioria das vezes em que o corretor atua, os termos usados de maneira indevida acabam com a compreensão do texto.

Não pense que se você não usa o iPhone ou o Android você está livre desse mal. O Word costuma lotar textos de cobrinhas verdes e vermelhas com uma margem de acerto bem baixa. Outros celulares que usam o sistema de escrita “inteligente” T9 também apresentam esse problema, mesmo que não sejam smartphones.

Assim, o Baixaki pergunta: e você, leitor, já se viu em alguma situação desconfortável, vergonhosa ou similar graças à participação do seu aparelho em como você escreve?

Cupons de desconto TecMundo: