Em junho deste ano, a Google anunciou uma nova linha de aparelhos chamada Android One pensando no mercado emergente. A ideia da Gigante das Buscas era aumentar sua participação no mercado de dispositivos móveis de entrada, já que estes gadgets mesclam configurações medianas e um custo de produção reduzido.

Porém, a empresa está enfrentando um número muito baixo de vendas dos aparelhos com essa tecnologia, que são poucos e todos produzidos por empresas indianas (Micromax, Karbonn e Spice). Mesmo no país onde o Android One foi lançado, ele não está alcançando o sucesso esperado, e suas vendas não estão animando os varejistas locais, que não estão repondo o estoque.

Investimento sem retorno?

Segundo fontes do The Economic Times, a Google investiu cerca de 1 bilhão de rúpias indianas (o equivalente a 36,8 milhões de reais) apenas em propaganda no país. Contudo, a venda dos aparelhos é feita apenas pela internet, o que dificulta a comercialização do Android One.

Para contornar a situação, a Google poderia finalmente lançar o Android One no mundo todo, porém nada foi dito sobre o caso até o momento, o que nos leva a crer que dificilmente veremos smartphones dessa linha no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: