(Fonte da imagem: Reprodução/Eestec)

Muitos sabem que o Android é o principal concorrente do iOS. Porém, poucos devem ter conhecimento de que o desenvolvimento do sistema da Google foi alterado quando a Apple anunciou que estava trabalhando no iPhone.

De acordo com o site The Verge, Chris DeSalvo, que trabalhou junto com Andy Rubin na Danger antes de se juntar à Google e à equipe comandada pelo antigo parceiro para construir o Android, disse que o anúncio do iPhone forçou todos na empresa a perceber que eles “teriam que recomeçar” o desenvolvimento do sistema operacional.

Em produção desde 2007, o Android sofreu alterações assim que a equipe de desenvolvimento viu que a Apple iria trabalhar com o conceito de toque em seu sistema operacional. As primeiras modificações foram vistas no T-Mobile G1, que tinha um teclado, mas permitia interagir com o aparelho utilizando uma tela de toque.

"Muita coisa deu errado com o primeiro iPhone. Rubin e a equipe do Android – junto com muitos outros – pensaram que não seria bom permitir aos usuários digitar diretamente na tela antes de ter um retorno sobre um teclado físico. Foi por isso que o primeiro telefone Android apresentou um teclado que podia ficar escondido”, diz um trecho do livro “Dogfight: How Apple and Google Went to War and Started a Revolution” (numa tradução livre, “Briga de cachorros: como a Apple e a Google entraram em guerra e começaram uma revolução”), de Fred Vogelstein.

Cupons de desconto TecMundo: