Michael Barret espera um 2014 promissor. (Fonte da imagem: Reprodução/USAToday)

Sensores biométricos são realmente a bola da vez. Parece que o aguardado iPad 5 poderá tomar o leitor de impressões digitais do iPhone 5S como modelo de inspiração e, assim, integrar ao seu botão Home o tal recurso.

O sistema Android, por óbvio, não poderia ficar de fora deste cenário. Em entrevista ao USA Today, Michael Barret, presidente do grupo FIDO Aliiance, disse que veremos leitores de digitais em aparelhos agraciados pelo sistema operacional da Google daqui a meio ano.

“Precisamos educar o mercado e mostrar que é possível fazer coisas mais seguras para os negócios e mais fáceis para os consumidores, garantindo que a privacidade seja respeitada”, disse Barret. A FIDO Alliiance é composta atualmente por 48 companhias que, juntas, desenvolvem soluções em segurança (Lenovo e PayPal, por exemplo, fazem parte deste conglomerado). “Nosso objetivo é oferecer serviços de ‘baixo atrito’”, pontuou também o executivo.

Durante sua fala, Barret marcou o começo de 2014 como o período de lançamento dos sensores biométricos ao sistema Android. E, por estar sendo elaborado por uma empresa sem “contrato de exclusividade com a Google”, o leitor de digitais poderá ser futuramente adotado pela Maçã. “Em nossa visão, pensamos que é possível fazer com que a Apple comece a usar o FIDO”, comentou, esperançoso, o chefe da companhia.

Cupons de desconto TecMundo: