Por mais que existam diversos antivírus e maneiras de evitar que seu smartphone fique desprotegido, é impossível negar que o Android ainda traz algumas brechas de segurança que colocam em risco os dados dos seus usuários. O mais novo exemplo é um aplicativo que “sequestra” o seu aparelho e pede uma quantia de US$ 100 para liberá-lo.

De acordo com a firma de segurança Symantec, foi descoberto um aplicativo chamado Android Defender Platinum, que não está na Google Play Store, mas vem rodando a internet através de sites de terceiros que vendem apps para o sistema operacional.

O aplicativo realiza uma varredura no aparelho e "encontra" um vírus falso. Em seguida, ele oferece uma limpeza no seu smartphone ou tablete por uma quantia. Se você se recusa a pagar, o aplicativo avisa periodicamente que o aparelho está infectado e trava o seu gadget.

Eventualmente, o app informa que suas informações vazaram, trava o aparelho e informa que vai liberá-lo apenas após o pagamento de uma taxa de US$ 100. Por causa desse tipo de aplicativo, é importante lembrar-se de instalar apenas programas de antivírus certificados, como AVG, Norton ou Kaspersky, evitando contato com apps vindos de lojas que não sejam a Google Play Store.

Cupons de desconto TecMundo: