Android: 3,5% dos relógios apresentam problemas de sincronização

1 min de leitura
Imagem de: Android: 3,5% dos relógios apresentam problemas de sincronização
Avatar do autor

Comunicação entre relógios atômicos de GPSs, UTC e Android é falha. (Fonte da imagem: Reprodução/Zdnet)

Alguns aparelhos Android não apontam a hora certa em seu display. Esse problema, datado de 2009, deve-se basicamente às falhas de sincronização entre os sinais de GPS (relógios atômicos regulados precisamente), a central UTC (Tempo Universal Coordenado) e, por óbvio, os dispositivos receptores (aparelhos Android).

Outras variações podem, contudo, afetar os dispositivos que rodam o OS da Google. De acordo com relatório publicado pelo portal Open Signal, diferenças entre fusos horários e ajustes de hora manuais podem também afetar a precisão dos relógios. Mas o problema, apesar de ser aparentemente simples, é justificado ainda por discrepâncias entre envios e recebimentos de sinais entre mobiles e servidores.

A adição de “segundos bissextos”

Além dessas prováveis causas à falta de precisão de alguns relógios Android, mais um fator pode ser considerado o causador do atraso (que pode chegar a uma hora em determinados dispositivos). “Um total de 15 segundos bissextos foi adicionado ao UTC. Mas os aparelhos Android, até agora, não compensaram essa diferença”, comenta Adrian Kingsley-Hughes, redator do site Zdnet.

Mudanças de fusos horários podem "confundir" o relógio. (Fonte da imagem: Reprodução/DoidLife)

Atrasado ou adiantado?

Conforme incitado pelo título desta notícia, 3,5% dos relógios Android apresentam, atualmente, problemas de sincronização – eles estão cerca de uma hora atrasados. Contudo, pode ser que, devido a qualquer um dos fatores listados anteriormente (mudança manual de horário ou troca de fuso horário), alguns mobiles passem a mostrar um horário adiantado – as falhas são causadas, também como já escrito, sumariamente pela falta de compensação entre os relógios atômicos de GPS, central UTC e, portanto, os dispositivos Android.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Android: 3,5% dos relógios apresentam problemas de sincronização