Pasta "Games" deixa desenvolvedores intrigados. (Fonte da imagem: Reprodução/Android Police)

A Google atualizou a sua suíte de componentes para apps do Google Play Services. Trata-se de um pacote de códigos que deve ser inserido em todos os apps que recebem pagamentos pela Google Play, além de permitir a integração com o Google+, Gmail, Wallet e Glass. Este último foi o motivo de tal atualização, para que novos apps para o dispositivo pudessem surgir. A maior novidade, entretanto, foi a presença de uma pasta chamada “games”.

Como espera-se que o Glass não consiga lidar com aplicações tão complexas como jogos e outros, o kit para desenvolvedores dessa pasta não faria muito sentido, assim como outras pastas da coluna MyGlass que você vê na imagem. Acredita-se que algumas como a “wallet” estejam apenas disfarçadas ali, pertencendo assim ao Android na verdade. Portanto, um erro nessa publicação deve ter sido cometido.

O que isso tem a ver com um "Game Center" da Google?

Explorando a pasta “games”, o pessoal do Android Police descobriu alguns arquivos com nomes interessantes que deixam transparecer planos da gigante das buscas para a criação de um possível “Google Games”. Os componentes presentes na pasta devem permitir que apps usem os servidores da empresa para finalidades como:

  • Integração de jogos em um único modo de multiplayer online;
  • Sincronização de conquistas em games entre vários dispositivos;
  • Chat em jogos que ocupam a tela inteira;
  • Posicionamento de usuários em ranking geral de jogos;
  • Envio de convites para jogar;
  • Salas para conversar e projetar estratégias antes das partidas.

Fora isso, algumas outras funções também devem estar por vir. O que não sabemos é se essa pasta de componentes realmente vai dar a luz a uma central de jogos como o Game Center da Apple. Ainda assim, os formatos de integração devem agradar bastante aos desenvolvedores do Android e outros SOs da Google.

Confira o conteúdo da pasta:

Cupons de desconto TecMundo: