(Fonte da imagem: NQ)

O número de pragas virtuais presentes no Android não para de crescer. Segundo um estudo divulgado pelo NQ Mobile, o número de dispositivos infectados passou de 10,8 milhões em 2011 para 32,8 milhões em 2012, mostrando que a quantidade de pragas triplicou no período de um ano.

O NQ também informou que cerca de 95% do número total de malwares desenvolvidos em 2012 foram criados especialmente para dispositivos Android, o que mostra que o sistema operacional da Google é o preferido entre os criminosos virtuais.

Outro fato importante para se notar é que a grande maioria dessas infecções ocorre em locais como China, Índia e Rússia. Além disso, os maiores causadores desses problemas são os próprios usuários, que baixam aplicativos de fontes não seguras.

Portanto, para garantir que o seu aparelho não seja contaminado por alguma praga virtual, certifique-se de evitar soluções como jailbreak (root) e baixe aplicativos sempre de locais confiáveis, como a Google Play, na qual todos os programas são verificados.

Cupons de desconto TecMundo: