(Fonte da imagem: Reprodução/i2Mag)

Um estudo realizado pela empresa F-Secure apontou para um crescimento assustador no número de malwares para o sistema operacional Android. Em uma comparação YoY (Year over Year, ou Ano após Ano), foi constatado que a quantidade de pragas virtuais para o sistema portátil aumentou 270%. Isso significa que, um ano atrás, existia pouco mais de um terço das ameaças que existem hoje.

Entre os tipos de ameaças existentes para o sistema operacional, a F-Secure destaca que os trojans representam 84% do total. Hack-tool representa 6%, spywares correspondem a 4% e aplicações, adwares e trojan-downloaders têm 2% cada um. Uma das principais razões para o crescimento no número de ameaças é o aumento nas vendas do Android. Com maior possibilidade de ação, os crackers têm motivação para agir e espalhar suas pragas.

Fonte: i2 Mag e F-Secure

Cupons de desconto TecMundo: