Em uma tentativa de aumentar a competição do mercado e reduzir o custo do serviço de internet para o público, a Anatel acaba de anunciar que está dando fim à necessidade de contratação de provedores de internet para ter acesso aos serviços de banda larga fixa. Com isso, as empresas terão que informar seus clientes de que não há mais a necessidade deles.

A mudança, no entanto, não vem sem algumas exceções: aqueles que utilizam internet discada ainda precisam de um provedor pelo simples motivo de que, sem ele, não há como utilizar o serviço. Além disso, a mudança só vale para empresas com mais de 50 mil clientes, já que companhias com menos do que isso podem ter seu rendimento gravemente prejudicado com a alteração, segundo o G1.

Por fim, a Anatel também divulgou que está diminuindo o custo das outorgas, o que deve aumentar o número de empresas de telecomunicações no Brasil. Agora, no lugar dos R$ 27 mil necessários para banda larga, TV por assinatura e telefonia (R$ 9 mil para cada), basta fazer um único pedido de R$ 9 mil. Já empresas que oferecem apenas banda larga fixa terão que pagar ainda menos – apenas R$ 400.

Cupons de desconto TecMundo: