Hoje em dia, é muito difícil encontrar pessoas que nunca tiveram problemas com algum serviço prestado por empresas de telecomunicação. Pensando nisso, a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, fez uma pesquisa que visava mensurar o nível de satisfação dos clientes em relação à qualidade dos serviços prestados por essas empresas.

A pesquisa foi feita entre 2011 e 2012 com 199.349 entrevistas feitas em todo o país e que avaliava a qualidade de serviços como telefonia fixa e móvel, telefonia de uso público e TV por assinatura. Como muitos já devem imaginar, os resultados mostraram uma queda de qualidade quando comparados com uma pesquisa feita em 2002.

Como funcionava a pesquisa

De acordo com a Anatel, a pesquisa consistia em um questionário com 40 perguntas que abrangiam tópicos como atendimento, preços, qualidade dos serviços e pacotes oferecidos. Cada tópico poderia ser classificado dentro de uma escala de 0 a 100, com serviços sendo considerados satisfatórios caso recebessem nota acima de 62,5 pontos.

Conforme a pesquisa realizada entre 2011 e 2012, a pesquisa apontou que as empresas de telecomunicações estão com um índice de 58,8 pontos.

As quedas nas notas

A pesquisa realizada recentemente mostrou queda na qualidade de telefonia celular. Enquanto o serviço pré-pago recebeu um total de 77,5 pontos em 2002, agora contou com apenas 60 pontos. A telefonia pós-paga caiu de 71,4 pontos para 53,7, se mostrando insatisfatória.

A telefonia fixa também recebeu duras notas, caindo de 72,1 pontos, em 2002, para 58,9 pontos dez anos depois. Outro serviço que teve queda na pontuação foi o de TV por assinatura a cabo, que antes contabilizava 68,2 pontos, caindo para 51,2 pontos.

Em contraparte, o serviço prestado por TV por assinatura por satélite teve uma melhora na sua pontuação. Enquanto em 2002 foram dados 71,6 pontos, em 2012 o serviço recebeu 72,1 pontos.

Cupons de desconto TecMundo: