Um monitor de boa qualidade é essencial para profissionais que trabalham com design ou edição de vídeos e imagens. A tela precisa ter uma excelente taxa de contraste para exibir as cores com perfeição. Além disso, uma resolução grande proporciona mais qualidade de imagem e também permite uma Área de trabalho maior.

O monitor Samsung Series 9 LS27B970DS chega para tentar suprir essa necessidade, trazendo um design muito bom e muita qualidade de imagem. O equipamento também utiliza o novo painel de iluminação LED PLS desenvolvido pela Samsung e já vem pré-calibrado de fábrica para garantir a qualidade do produto final.

Aprovado

Design de fazer inveja

A Samsung fez um bom trabalho de design neste monitor. A primeira impressão que você tem ao vê-lo sobre a mesa é que o equipamento é um produto de luxo, que se destaca facilmente de outros modelos mais comuns devido aos seus traços mais requintados.

Toda a parte da frente do monitor é coberta por um painel de vidro, e as laterais da tela são revestidas por uma peça de alumínio, que em contraste com o vidro frontal proporciona um visual elegante.

(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

A parte de trás do monitor é coberta por uma tampa plástica, sem nenhuma abertura, o que diferencia esse monitor dos modelos tradicionais. O detalhe mais marcante é a haste de metal que une a tela à base: seu formato esguio se destaca quando a tela é vista por trás.

(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

As aberturas para a refrigeração e as conexões de vídeo e energia são todas na parte de trás da base, permitindo que você esconda os cabos e garanta o bom gosto da decoração da sua mesa de trabalho.

Tanto a altura quanto a angulação do monitor podem ser ajustadas com precisão e uma facilidade impressionante. O suporte permite que você deslize a tela para cima ou para baixo com leveza e suavidade.

Menu de configuração discreto mas completo

O painel de controle do monitor pode ser acessado através de botões de toque presentes na base. Todos eles são iluminados quando estão ativos e ficam escondidos quando você não precisa deles.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O menu de configuração é relativamente simples e não foge muito do padrão tradicional encontrado em outros modelos, porém ele permite ajustes precisos na imagem. Por ali, é possível configurar taxa de cor, contraste, temperatura da cor e outros itens.

O modo de cor permite que você escolha entre diferentes configurações pré-determinadas: padrão, com brilho elevado, cinema, sRGB e Calibrado. O monitor também aceita a configuração exata dos níveis de vermelho, verde e azul.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O item de configuração de temperatura da cor é bem completo, trazendo uma lista que permite que você escolha entre valores que variam de 4.000K a 10.000K.

O modelo utiliza um sistema de contraste dinâmico (que pode ser ativado ou desativado) que funciona da seguinte maneira: quando cenas claras são exibidas na tela, o contraste aumenta automaticamente, garantindo o brilho da imagem. Quando cenas escuras são mostradas, o contraste diminui.

Conexões de entrada

A maioria dos monitores mais simples traz apenas um conector DVI e um VGA. Os modelos mais refinados já trazem uma conexão HDMI de fábrica. Já no Series 9, a Samsung tratou de incluir diversas portas de conexão. Existem portas DVI, HDMI e Display Port. Para completar, o monitor ainda conta com duas portas USB na lateral de sua base, servindo como um HUB USB.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Por último, mas não menos importante, o Series 9 também trabalha com o padrão MHL para que você conecte o seu tablet ou smartphone ao monitor através da porta HDMI.

PLS - Plane Line Switching Technology

A Samsung utilizou uma nova tecnologia no Series 9; trata-se do PLS, ou Plane Line Switching Technology. Esse sistema foi desenvolvido pela empresa para superar o IPS em qualidade de imagem. Através do PLS, é possível ter um ângulo de visão maior, mais brilho, contraste, qualidade de imagem e um custo de produção menor.

Qualidade de imagem na Área de trabalho

Trabalhar em uma tela de 27 polegadas com resolução 2560x1440 é simplesmente incrível, principalmente se você está acostumado a mexer em um monitor de 19 polegadas com resolução Full HD.

O espaço disponível para o trabalho permite que aplicativos de edição de imagem possam ter quase todas as suas barras de ferramentas na tela simultaneamente, aumentando muito a sua produtividade.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Além disso, a tecnologia PLS consegue proporcionar um nível de cores muito mais fiel, o que certamente conta muito quando você precisa editar imagens com precisão.

A exibição de filmes também se mostra excelente no Samsung Series 9. Mesmo com vídeos rodando em Full HD — resolução menor que a máxima suportada pelo monitor — não existem quebras ou distorções na tela. As imagens também não sofreram com problemas de “arrasto”, durante a exibição dos vídeos.

Qualidade de imagem nos games

Mesmo que esse monitor não seja direcionado exatamente para os games, é indiscutível a diferença de um jogo sendo executado nessa tela para os monitores normais, com resolução Full HD. A resolução 2560x1440 proporciona uma imagem limpa e com muita qualidade, deixando os cenários e as texturas incrivelmente detalhados.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

É claro que, para que isso seja possível, você precisa de uma placa de vídeo potente, pois renderizar os cenários com esse nível de detalhes não é uma tarefa muito fácil para as placas comuns.

Natural Color Expert

Para se obter a máxima qualidade de imagem em um monitor, é preciso garantir que as cores estejam calibradas corretamente. Isso é muito importante para profissionais da área de design e fotógrafos que utilizam o computador para retocar algumas imagens.

A Samsung calibra cada um dos monitores Series 9 com equipamentos especiais diretamente na fábrica e antes de despachá-los para as revendas. Isso faz com que cada equipamento seja testado e configurado por profissionais antes que você possa conectá-lo ao seu computador.

(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

Entretanto, se isso não for suficiente e você quiser executar uma calibragem mais detalhada, pode utilizar o software Natural Color Expert que é fornecido junto com o monitor; esse aplicativo oferece um sistema intuitivo para a calibragem e regulagem das cores.

Porém, é importante lembrar que para executar essas configurações é preciso ter um equipamento de calibragem externo.

MHL (Mobile High Definition Link)

O Mobile High Definition Link é uma interface que permite a conexão de smartphones e tablets ao monitor. Com essa tecnologia, é possível exibir imagens e vídeos em alta definição e com som de qualidade 7.1 através do seu equipamento.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

A tela da Samsung funciona muito bem com essa tecnologia, não exigindo nenhuma configuração avançada nem na tela e nem nos aparelhos. Para ativar a função, basta conectar o cabo (que já acompanha o monitor) e aproveitar. Tudo o que aparecer na tela do seu tablet ou smartphone será exibido em tempo real na tela do Series 9.

Reprovado

Base um pouco frágil

Apesar de a base do Samsung Series 9 ter um design incrível, ela é um pouco frágil. A haste central que une a tela e a base é bastante fina e, com isso, o monitor tende a balançar muito em cima da mesa, principalmente quando você está digitando algum texto.

(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

Como a base é fixa no monitor, não existe uma alternativa para resolver esse problema, já que a substituição da peça ou até mesmo a fixação da tela em uma parede se torna inviável. O único jeito de evitar esse problema é garantir que a sua mesa seja extremamente firme e livre de vibrações.

Tela com muitos reflexos

O novo sistema PLS desenvolvido pela Samsung proporciona mesmo uma qualidade de imagem incrível — quanto a isso não há dúvida. O único problema é o painel de vidro que fica sobre a parte da frente da tela; essa peça acaba refletindo muito o ambiente, principalmente em locais muito iluminados e com imagens escuras sendo exibidas na tela.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Sem entrada de som

O Samsung Series 9 possui um bom sistema de som embutido, porém ele só pode ser utilizado se você conectar os dispositivos ao monitor através de um cabo HDMI. Se você optar pela saída DVI, não vai conseguir ter reprodução sonora nos alto-falantes do monitor.

Para piorar a situação, muitos equipamentos disponíveis no mercado não conseguem reproduzir resoluções maiores que Full HD através do cabo HDMI, obrigando você a não escolher a resolução máxima oferecida pelo monitor caso deseje utilizar os alto-falantes embutidos no equipamento.

Testes de desempenho

Os testes de desempenho de um monitor envolvem a exibição e visualização de algumas imagens diferentes na tela. O nosso objetivo é analisar a taxa de contraste, brilho, nitidez da imagem e tempo de resposta da tela. Esse último verifica a presença de arrastos nas imagens em movimento, algo que prejudica a qualidade de exibição, principalmente em filmes e games de ação que possuem movimentação intensa.

Contraste

Nós testamos o contraste com uma escala de cores. O ideal é que os retângulos mais à esquerda (mais escuros) continuem visíveis, e os da direita não se “misturem” uns com os outros no final. A possibilidade de se diferenciar (ou não) com facilidade todos os elementos na escala de cores mostra a qualidade do monitor.

(Fonte da imagem: Reprodução/Lagom LCD Test)

O monitor da Samsung demonstrou um resultado satisfatório nesse teste, deixando claro que as taxas de contraste proporcionadas pelo painel PLS são adequadas para oferecer uma ótima qualidade de imagem.

Nitidez da imagem

Quase todos os monitores possuem ajustes de nitidez. O que essa configuração faz é enfatizar ou minimizar os limites entre as áreas claras e escuras. Para garantir uma boa qualidade de imagem, a taxa de nitidez deve estar configurada adequadamente.

(Fonte da imagem: Reprodução/Lagom LCD Test)

Esse teste funciona assim: para saber se a nitidez está configurada corretamente, você deve olhar essa imagem de longe. Ela deve ficar parecendo com um simples retângulo cinza, sem que seja possível identificar as linhas horizontais e verticais.

Gradiente

Para que o monitor passe nesse teste, é preciso garantir que a escala de gradiente cinza seja exibida suavemente e sem bandas, linhas ou cores. As partes escuras também precisam ser uniformes e não exibir ruídos na imagem.

(Fonte da imagem: Reprodução/Lagom LCD Test)

Neste teste, o monitor da Samsung também não apresentou falhas, mostrando-se extremamente capaz de reproduzir a imagem sem problemas.

Tempo de resposta

O tempo de resposta de um monitor é um dos efeitos que mais chama atenção, principalmente em jogos de ação, que trazem uma movimentação muito rápida na tela. O Samsung Series 9 traz um tempo de resposta de 5 milissegundos, ou seja, mais que suficiente para que não ocorra o efeito de "arrasto" entre as imagens exibidas na tela.

Angulação

A Samsung promete uma visibilidade perfeita das imagens com o painel de LED PLS, mesmo em diferentes ângulos de visão. E a fabricante cumpre o que promete com o Series 9. É possível distinguir as imagens e as cores mesmo em ângulos bastante abertos.

Vale a pena?

A escolha de um monitor é uma das partes mais importantes quando você vai montar um computador. É preciso garantir que a imagem tenha uma boa qualidade e atenda às suas necessidades, principalmente se você for um profissional que precisa constantemente lidar com imagens de alta definição.

O Samsung Series 9 é um dos primeiros produtos da empresa a trazer a tecnologia PLS, e ela se mostra extremamente competente na tarefa de reproduzir imagens com fidelidade de cores.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O design desse monitor é de muito bom gosto, fazendo com que o visual dele se destaque dos outros modelos com facilidade. O único problema da tela é o reflexo que se mostra evidente em locais com muita luz ambiente e com imagens escuras na tela. Esses inconvenientes são um pouco chatos, mas não devem ser decisivos na hora da compra.

Mesmo que essa tela não tenha sido desenvolvida especialmente para os games, ela funciona muito bem para esse propósito, principalmente quando os jogos são executados na resolução máxima que é de 2560x1440 pixels.

Nos Estados Unidos, esse monitor custa aproximadamente US$ 900 (cerca de R$ 1.800, sem impostos). No Brasil, é possível encontrar o modelo na faixa de R$ 3.300 — preço que fica na mesma faixa de outras telas com essa resolução, como o Apple Thunderbolt Display. Portanto, a sua escolha deve ser restrita a quem precisa trabalhar com imagens em alta definição.

(Fonte da imagem: Divulgação/Samsung)

O Samsung Series 9 é um equipamento excelente com um design muito bom e uma tecnologia de cores extremamente satisfatória, principalmente para profissionais da área de design. Se você precisa de uma tela que pode trabalhar com grandes resoluções sem sacrificar qualidade visual, esse produto é para você. Caso o seu negócio sejam os games, filmes ou outras atividades, talvez seja mais interessante procurar um modelo mais em conta.

Cupons de desconto TecMundo: