Para ampliar o atendimento a diferentes públicos, a Sony lançou o Xperia U. Este modelo é compacto, tem configurações razoáveis, tela de 3,5 polegadas e câmeras mais simples. Ainda que seja mais básico, o Xperia U segue os padrões de qualidade da marca.

Graças a essas especificações, o novo integrante da linha Xperia oferece bom desempenho por um preço atraente. Mas será que ele é tão bom quanto a propaganda? Colocamos o aparelho para enfrentar nossas baterias de testes. Depois de verificar as especificações, veja como ele se saiu nas mais diversas provas.

  • CPU: Cortex-A9 dual-core de 1 GHz
  • GPU: Mali-400MP
  • Memória RAM: 512 MB
  • Sistema operacional: Android 2.3.7 (Gingerbread)
  • Memória interna: 8 GB (4 GB disponíveis para uso)
  • Tamanho da tela: 3,5 polegadas (480x854 pixels)
  • Câmeras: 5 MP (principal) e VGA (frontal)
  • Som: alto-falantes e conector de fones de 3,5 mm
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11b/g/n, Bluetooth
  • 3G: sim
  • Bateria: 1.320 mAh
  • Autonomia da bateria: até 5 horas e 30 minutos para conversação (3G)
  • Peso: 110 gramas
  • Dimensões (A x L x E): 11,2 x 5,4 x 1,2 cm

Aprovado

Parece mais um smartphone avançado

Quando batemos o olho pela primeira vez no Xperia U, não imaginávamos que ele escondia uma configuração de hardware tão potente. Pois é, dentro deste pequeno dispositivo, há um processador dual-core de 1 GHz, uma GPU idêntica à do Xperia P e 512 MB de memória RAM.

Pode não ser o aparelho mais potente da atualidade, mas, certamente, os componentes de hardware são mais do que suficientes para um dispositivo razoável. Só para constar, pudemos executar Shadowgun sem quaisquer dificuldades, portanto ele deve ser capaz de suportar outros jogos mais recentes. Confira os benchmarks do Xperia U:

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ele tem um grande diferencial

Por se tratar de um dispositivo compacto, o Xperia U não impressiona muito pelo visual, contudo o design deste smartphone não deixa nada a desejar. Como já dissemos, ele é muito semelhante aos demais integrantes da nova família de celulares da Sony.

Isso quer dizer que o Xperia U tem acabamento refinado, curvas elegantes e botões de sistema em uma configuração especial na base. Esses atalhos ficam posicionados logo abaixo da tela, o que não é muito prático. Seria mais interessante se o layout fosse parecido com o do Xperia P.

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Apesar disso, o Xperia U se destaca com um esquema de luzes fantástico. A iluminação, na parte de acrílico, varia conforme a imagem que está em exibição no display. Basicamente, o aparelho interpreta as cores da tela e altera a luz dos botões. É um efeito parecido com o que vemos nas televisões da Philips com tecnologia Ambilight.

Um smartphone na medida

Para compor um smartphone acessível, a Sony investiu em componentes razoáveis. A tela, por exemplo, não é a mais avançada, mas também não faz feio na hora de reproduzir vídeos ou games. Os níveis de brilho e contraste deixam a desejar quando comparamos com outros aparelhos, mas, no geral, o display opera muito bem e apresenta fidelidade de cores.

(Fonte da imagem: Divulgação/Sony)

Apesar de focar na simplicidade, a fabricante não economizou no som. Ficamos impressionados com a qualidade de grave dos alto-falantes. Algumas vezes, notamos distorções, mas nada que vá atrapalhar na reprodução das suas músicas.

A autonomia da bateria é um ponto forte deste aparelho. Graças ao display de tamanho reduzido e aos componentes mais simples, o Xperia U consegue usar a energia de forma inteligente. É possível configurar o brilho no nível máximo e usar o gadget por quase oito horas seguidas.

A câmera do Xperia U não é um primor, contudo é um dispositivo de captura eficiente e suficiente para suas fotografias diárias. O sensor de 5 MP capta imagens muito bonitas. O flash é básico e vem a calhar em momentos em que a luminosidade é fraca. Apesar de não ser tão boa quanto a câmera do Xperia P, a lente do Xperia U não fez feio em nossa análise.

Reprovado

Limitado e desatualizado

Para conseguir reduzir o preço, a fabricante economizou na memória RAM e no espaço de armazenamento. Na hora de executar apps e games, o Xperia U não deixa a desejar com seus 512 MB de memória RAM.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Contudo, existe um grande problema para o armazenamento de dados. Os míseros 4 GB de espaço disponível para a instalação dos aplicativos não são suficientes para muita coisa. Você poderá instalar um jogo como Max Payne e guardar mais algumas fotos e músicas. Infelizmente, não há espaço para instalação de um cartão SD.

Apesar de ser um smartphone razoável, o Xperia U tem capacidade de sobra para suportar o Ice Cream Sandwich. Entretanto, assim como o Xperia P, este celular vem com o Android 2.3.7. O sistema funciona muito bem, mas a falta de empenho da fabricante em manter uma linha recente de smartphones atualizada é decepcionante.

Vale a pena

É possível encontrar o Xperia U com valores que variam entre 750 e 900 reais. Considerando o hardware avançado, a iluminação na base do aparelho e o visual bonito, com certeza vale investir essa grana no aparelho. O que temos aqui é um smartphone que consegue unir diversos pontos positivos. A relação custo-benefício é excelente!

Cupons de desconto TecMundo: