O Avell Diamond P110 é um notebook voltado a um público exigente. O modelo visa oferecer alto desempenho, economia de energia e portabilidade por um preço acessível. Com hardware avançado, este pequeno notável chega para competir com outros computadores de marcas renomadas. Confira as especificações:

  • Tela: LED 11,6” (1366x768 pixels)
  • Processador: Intel Core i5 (3210M) - 2.5 GHz
  • Chip gráfico: NVIDIA® GeForce GT 650M
  • Memória RAM: 8 GB DDR3 (1.333 MHz)
  • Armazenamento: SSD de 120 GB
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 b/g/n – Bluetooth 2.1
  • Webcam: 1.3 MP (HD)
  • Conexões: 2 portas USB 3.0/1 porta USB 2.0/HDMI/VGA/Fone/Microfone/Rede Gigabit
  • Peso: 1,8 kg
  • Dimensões (L x A x P): 28,7 x 1,27 x 20,7 cm

(Fonte da imagem: Divulgação/Avell)

Aprovado

Hardware invejável

O Diamond não impressiona à primeira vista. O visual simplificado e o tamanho reduzido dão a impressão de fragilidade e de baixo desempenho. Todavia, este não é um simples netbook. Com processador Intel Core i5-3210M de 2,5 GHz, chip gráfico NVIDIA GeForce GT 650M e incríveis 8 GB de memória RAM, este Avell é uma máquina para ninguém botar defeito!

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Aliás, a potência desta máquina não se resume aos componentes de processamento. Graças ao drive SSD de 120 GB, o Diamond P110 oferece excelente performance para transferir dados e reproduzir arquivos de tamanho avantajado. Vale frisar que o dispositivo de armazenamento recebe a nota mais alta no índice de desempenho do Windows.

Seus games favoritos com belíssimos gráficos

Graças à unidade de processamento gráfico de alta qualidade, este Avell consegue excelentes resultados com os jogos mais polidos. Ele conseguiu manter mais de 40 frames em Total War: Shogun 2 e obteve uma velocidade estável acima de 24 fps em Metro 2033. Os dois títulos foram testados com o DirectX 11, filtros e tesselation ativados.

Ampliar (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Além desses, executamos os benchmarks dos jogos Aliens vs. Predator, Lost Planet 2 e S.T.A.L.K.E.R.: Call of Pripyat. O computador mostrou bons resultados e não decepcionou na taxa de frames. A saída HDMI para jogos funciona bem, todavia o notebook não oferece a mesma qualidade em resolução Full HD.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Nos benchmarks, o Diamond P110 não deixou a desejar. Ao executar o Unigine Heaven Benchmark, o portátil alcançou ótimas taxas de frames. Com o Cinebench, o WebVizBench e o 3DMark, os resultados também foram satisfatórios. Podemos dizer que esta máquina tem poder de fogo suficiente para encarar os games atuais!

Tela e som de boa qualidade

Por se tratar de um modelo voltado para games, a Avell caprichou em dois pontos importantes para deixar a jogatina mais intensa: o display e o áudio. A tela de LED de 11,6 polegadas é de alta definição e apresenta baixa distorção das cores. É possível aproveitar os games em alta resolução e assistir a filmes com muito conforto.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Assim como outros modelos concorrentes, este Avell não é um esmero para reprodução de som. Os graves são quase nulos, porém a fidelidade é fantástica. É possível aproveitar músicas e o som com alto volume sem precisar tolerar distorção e ruídos. Claro, para jogos, o uso de fones é indispensável.

Conexões na medida certa

A tela pequena deste Diamond é perfeita para quem precisa carregar o notebook para todos os lados. Todavia, ela não é muito interessante para quem deseja jogar muito. Você pode aproveitar portas HDMI e VGA para visualizar o conteúdo em telas maiores.

(Fonte da imagem: Divulgação/Avell)

Além disso, é possível ampliar a experiência com jogos usando a conexão de rede Gigabit. Este Avell ainda traz duas portas USB 3.0 que são muito bem-vindas, contando ainda com um leitor de cartões, adaptador de rede wireless compatível com o padrão 802.11n e uma porta USB 2.0.

Energia de sobra

Quando falamos em laptops gamers, muitas pessoas ficam preocupadas quanto à autonomia da bateria. Em nossos testes, o Avell Diamond não fez feio, aguentando mais de uma hora com a execução de games. No modo de economia, o aparelho conseguiu ficar ligado por quase 4 horas. O bom desempenho da bateria parece ser reflexo do uso da tecnologia NVIDIA Optimus.

Reprovado

Design razoável

O Diamond P110 pode ser um excelente modelo para jogos, porém o visual do aparelho não é muito caprichado. Não que falte elegância ou que ele tenha um acabamento de baixa qualidade. As curvas são bonitas e o material emborrachado ajuda a dar resistência ao produto.

(Fonte da imagem: Divulgação/Avell)

Entretanto, o teclado não parece combinar com o conjunto, o adesivo da marca no interior da tampa não forma um bonito conjunto e é importante frisar que a tela tem um bocado de espaço ao redor. São pequenos detalhes que não fazem muita diferença para um gamer, contudo, devemos enfatizar que os designers podem não gostar muito.

O peso dos games!

Não se engane. Este Avell pode ser muito pequeno, porém ele também é muito pesado. Com 1,8 kg, este modelo deixa a desejar para quem busca um notebook leve. Não que isso impeça o transporte do aparelho, mas devemos salientar que ele pesa quase o mesmo tanto que um produto com tela de 14 ou 15 polegadas.

Cadê o software?

O Diamond deixa a desejar por não trazer um sistema operacional instalado por padrão. O site Notebook Century, que comercializa os produtos da Avell, oferece a opção de instalação do Windows, porém o software é cobrado à parte. Não é exatamente um defeito, mas devemos alertar aos gamers que é preciso ter uma cópia sobrando ou adquirir uma na hora da compra.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Falando em softwares, devemos salientar que a placa de vídeo deste Avell não tem um driver finalizado apropriado. Em nossos testes, tivemos de usar uma versão Beta. Apesar disso, não tivemos problemas para executar os games, mas pode ser que um ou outro jogo apresente erros com o software do chip gráfico.

Vale a pena

O Avell Diamond P110 nos agradou muito com componentes de hardware de ponta que oferecem desempenho avançado. A portabilidade e as diversas conexões são pontos que merecem destaque. Os pequenos detalhes quanto ao design nem devem ser levados em consideração, pois o visual geral da máquina é caprichado.

(Fonte da imagem: Divulgação/Avell)

Por apenas R$ 2.969, você pode adquirir uma bela máquina portátil para jogos fabricada no Brasil! Podemos dizer que com toda certeza vale a pena adquirir este notebook! Apesar de alguns pequenos defeitos, este Avell tem muito a oferecer para gamers.

Cupons de desconto TecMundo: