A HTC anunciou que aparelhos topo de linha como o HTC Desire terão suas telas de AMOLED substituídas por SLCD (Super LCD) por causa da alta demanda de aparelhos com telas de 3.7 polegadas.

De acordo com a companhia essa tecnologia oferece uma experiência visual semelhante à AMOLED, porém com um balanço natural excepcional de cores, alto contraste, maior ângulo de visão e um gerenciamento de energia cinco vezes mais eficiente. Além disso, a Super LCD também possibilita aumentar rapidamente a produção para atender à maior demanda.

A tecnologia SLCD foi originalmente criada graças a uma parceria entre Samsung e Sony. No entanto, uma vez que ambas competem no mercado de HDTV, a Sony decidiu seguir o modelo da Sharp para melhor competir contra a Samsung em mercados emergentes como o BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China).

HTC Desire

Fonte: HTC Corporation

As telas de AMOLED que seriam usadas nos smartphones da HTC seriam distribuídas pela Samsung, mas como esta não conseguiu entregar telas suficientes, a HTC optou pelas Super LCD da Sony. Esta, por sua vez, se baseia na novíssima tecnologia da Sony – a VSPEC III – que proporciona contraste de 800:1 e ângulo de visão de até 160 graus.

Em termos de experiência visual, a SLCD deve ser capaz de proporcionar um smartphone de alta qualidade. Entretanto, não é capaz de superar a nova tecnologia da Samsung – a Super AMOLED –, pois esta está em um nível tecnológico isolado. Por outro lado, o caso da Super LCD é o mesmo da tela IPS LCD do iPhone 4 – apesar de a tecnologia “Retina View” (Visão de retina) proporcional resolução de 960x640 pixels, a maior encontrada em smartphones.

Cupons de desconto TecMundo: