De acordo com alguns relatos no fórum Reddit, o novo driver Crimson disponibilizado pela AMD – a versão final, e não a Beta – está causando sérios problemas para os usuários que o instalaram. Segundo apontam algumas mensagens, depois que o software é integrado ao sistema, os coolers das placas de vídeo são configurados para trabalhar com 20% de sua velocidade total.

O problema que isso causa não poderia ser outro: superaquecimento e perda completa do funcionamento da GPU por conta da alta temperatura. Relatos dos mais sortudos apenas contam que o mal desempenho é o único problema encontrado, mas os que não tiveram sorte perderam de vez a placa de vídeo. "Quando eu abri o gabinete, a GPU estava tão quente que eu nem consegui retirá-la da entrada PCI-e e tive que esperar que ela esfriasse", conta um usuário.

Cuidado: sua GPU da AMD pode superaquecer por conta do último driver.

Como resolver o problema?

Como relatado, o driver Crimson mais recente disponibilizado pela fabricante apenas configura a velocidade dos cooler para rodar a 20% da velocidade. Por padrão, essa opção está selecionada para rodar no automático, permitindo que o controlador escolha qual é a velocidade ideal para as ventoinhas, mantendo a temperatura da GPU dentro de níveis seguros.

Para resolver esse problema, caso você tenha atualizado recentemente o driver de sua placa de vídeo, acesse as configurações globais (Global Settings) e em seguida a opção "Global Overdrive". Na nova janela, marque a caixa de seleção caso ela esteja desmarcada – ela deve estar exibindo a mensagem "(AUTO)" quando configurado para "Off". Isso vai fazer com que o cooler da placa de vídeo volte a rodar com velocidade automática e determinada pelo controlador da GPU.

Acesse a opção "Global Settings".

Em seguida, vá até a opção "Global OverDrive".

Marque a caixa de seleção abaixo do título "Fan Speed".

Tenha certeza de que a opção exiba a mensagem "(AUTO)" quando o botão estiver marcado como "OFF".

O que a AMD diz sobre isso?

Aparentemente, a AMD já está ciente do ocorrido e está providenciando uma correção para o problema. No Twitter oficial da companhia, uma mensagem com a promessa de uma solução ainda nesta segunda-feira (30) foi deixada, tranquilizando aqueles que ainda não perderam a GPU por causa do superaquecimento.

"Nós estamos cientes dos relatos sobre a baixa velocidade dos coolers em algumas GPUs com o Radeon Software Crimson Edition. Nós pretendemos publicar uma correção nesta segunda-feira".

Ainda de acordo com os relatos, parece que o problema parece acometer apenas algumas séries das GPUs da AMD. Isso inclui as placas que foram lançadas entre a série HD 7000 e as mais recentes da série 3XX. Até que a atualização que corrija esse problema seja disponibilizada, é muito bom verificar se o último driver da placa de vídeo instalado em sua máquina não vai resultar em um problema como esse.

Problemas com o último driver Crimson disponibilizado pela AMD? Saiba como reslver. Comente no Fórum do TecMundo!

[Atualização]

A AMD entrou em contato com o TecMundo para informar que o problema de superaquecimento decorrente do driver Crimson já foi solucionado e deve ser corridigo com uma nova atualização. Na comunidade oficial da empresa, uma lista de correções implementadas deve tranquilizar os jogadores que estavam enfrentando dificuldades com esse driver. Na mesma página, links para download do software já estão disponíveis.

Cupons de desconto TecMundo: