A AMD acaba de lançar a Radeon R9 Nano como uma solução para jogadores que pretendem montar computadores do tipo ITX capazes de rodar os jogos mais recentes com resolução 4K.

Conforme alguns benchmarks de sites especializados, já ficou provado que a placa é boa o suficiente para este tipo de tarefa, mas o que acontece se combinarmos duas Radeon R9 Nano?

Segundo os testes do TechPowerUp, os resultados são impressionantes, com ganhos de até 90% em alguns casos, superando várias placas poderosas e até mesmo a placa dual chip Radeon R9 295X2.

Aparentemente, os drivers da AMD estão especialmente polidos para esse tipo de situação, o que leva esta combinação a ser uma ótima opção para quem quer apostar em máquinas compactas. Obviamente, enquanto os números em jogos são impressionantes, o custo-benefício é um dos piores possíveis, já que as duas placas juntas custam US$ 1,3 mil.

A conclusão do TechPowerUp é que esta é uma solução que não vale a pena, da mesma forma como não vale a pena comprar uma Titan X. A página até fez gráficos mostrando a performance por dólar de cada placa. A configuração em CrossFire da Nano é uma das menos interessantes, já que é preciso gastar muito para obter um pouco a mais de desempenho.

Entretanto, o site enfatiza que esta versão da R9 é voltada para sistemas menores, então não faz muito sentido montar um desktop para colocar duas placas desse tipo, sendo que é possível optar por outras soluções de CrossFire mais baratas e adequadas a um desktop. De qualquer forma, não dá pra desmerecer o bom desempenho da nova placa da AMD.

Cupons de desconto TecMundo: