Mais cedo, nós publicamos uma notícia comentando sobre as novas APUs e placas de vídeo da AMD, porém nada foi dito sobre novos processadores para desktop, algo que os fãs da marca já aguardam faz muitos anos.

Pois bem, a boa notícia é que a fabricante dos processadores FX abriu a boca hoje e falou o que todos queriam ouvir: novos chips totalmente renovados serão lançados no começo de 2016.

A linha chamada de AMD Zen é composta por CPUs com arquitetura x86, os quais vêm para dar o tão desejado update que já se faz necessário para manter a competitividade com a Intel. Tanto é verdade que Mark Papermaster, vice-presidente sênior da AMD, comentou que a nova linha vem corrigir o problema de baixa eficiência da série Bulldozer.

Durante o evento de análise financeira da companhia, Papermaster deixou evidente que apesar de ser superior em clock, alguns produtos ficavam atrás dos chips da linha Phenom II. E ao longo de quatro anos consecutivos apenas alguns ajustes foram realizados, mas que nem sempre surtiam grande efeito devido à arquitetura dos FXs.

Os novos processadores AMD Zen devem mudar esse cenário. Eles vão aumentar as instruções por clock em 40% e adotarão FinFETs, possivelmente de 14 nm, que prometem dar um ganho em performance significativo. Talvez não vejamos essa mesma margem de vantagem no resultado final, mas os consumidores certamente terão componentes mais competitivos.

Ainda que as características supracitadas sejam curiosas, o que deve levar o AMD Zen ao topo é o sistema de multithreading simultâneo, tal qual já existe nos processadores Intel, e a adoção de uma memória cache com tecnologia HBM – sim, a mesma que será usada nas placas gráficas Radeon.

Para suportar tais novidades, a AMD deve lançar um novo socket: o AM4. Este é o mesmo padrão que será usado pelas novas APUs voltadas aos desktops (aleluia!). Por fim, vale ressaltar que essa nova geração de processadores será compatível com a tecnologia DDR4. Quem aí está na expectativa?

Cupons de desconto TecMundo: