A AMD estacionou o desenvolvimento de processadores robustos (com arquitetura x86) há algum tempo, realizando apenas uma ou outra melhoria na linha de CPUs FX. Entretanto, a história está prestes a mudar e há uma confirmação oficial que vem diretamente de um funcionário da companhia.

De acordo com as declarações de Rory Read, executivo da AMD, a fabricante pretende atualizar seus chips. Ele declarou, durante a Deustche Bank 2014 Technology Conference, que a nova arquitetura Zen está vindo aí e ela deve dar um salto significativo em desempenho — algo que será feito paralelamente com a mudança em computação gráfica.

Além de confirmar o codinome e prometer um salto em desempenho, o CEO da AMD confirmou que o processo de fabricação dos chips da AMD vai evoluir consideravelmente nos próximos anos. Na próxima geração de chips, já veremos APUs (para servidores) com litografia de 20 nm.

Depois, a AMD pretende migrar para FinFETs (com processo de 16 nm) e em seguida para componentes fabricados com nanotecnologia de 14 nm e 10 nm. O salto para a casa dos 16 nanômetros deve ocorrer já em 2016, mas não há detalhes claros sobre os próximos passos.

Por ora, a companhia não deu detalhes sobre as mudanças que veremos nos chips AMD Zen. Não fica claro se o esquema modular (das linhas Bulldozer e Piledriver) será mantido. Um dos rumores apontados pelo site WCCF Tech sugere que os novos chips serão do tipo SMT (Multithreading simultâneo). O que será que vem por aí?

Cupons de desconto TecMundo: