A AMD lança esta semana sua nova linha de placas de vídeo Radeon, HD 6850 e HD 6870, que têm os games como foco. A Série 6 de dispositivos gráficos tem o desempenho como principal carro-chefe, cerca de 35% maior que os equipamentos que estão hoje no mercado.

Com processador central cerca de 25% menor que as placas da série 5, os novos equipamentos da AMD são capazes de processar até 900 milhões de polígonos por segundo. O consumo de recursos do computador, porém, continua o mesmo das gerações passadas.

Gráfico comparativo entre a geração atual e a nova
Imagem: Chip Hell

Outro destaque importante do lançamento é a tecnologia MD HD3D que, como o nome já diz, adiciona o suporte a games e vídeos em alta definição com 3D estereoscópico. Caso o computador tenha um drive de Blu-Ray, será possível assistir a filmes como “Avatar” e “Resident Evil 4: Recomeço” como no cinema, além de jogar com uma maior imersão.

Todo o poder aos games!

O anti-aliasing morfológico, que se tornou conhecido com o game God of War 3, para Playstation 3, chega pela primeira vez aos computadores pelas mãos da AMD. A tecnologia, que suaviza os serrilhados criados nos polígonos, é aplicada em toda a imagem após o processamento dos gráficos, e não somente nas bordas e determinadas superfícies.

Comparação exibe os efeitos do anti-aliasing
Imagem: Chip Hell

A novidade, aliada ao filtro anisotrópico, que impede a suavização excessiva e deixa a textura com a mesma nitidez de qualquer distância ou ângulo, promete melhorar o desempenho dos computadores até mesmo nos games mais pesados, e entregar gráficos mais limpos e bonitos.

A técnica de tesselation, que aumenta o número de polígonos sem diminuir a performance também é um destaque da série 6 da AMD. De acordo com a empresa, as novas placas terão um sistema inteligente, que aumenta os níveis gráficos apenas dos objetos que estiverem mais próximos do jogador, poupando as capacidades de processamento da máquina.

Por outro lado, a AMD também tem um cuidado com o uso excessivo do tesselation, de forma a evitar uso demasiado das capacidades do computador, sem efeito visual palpável para o usuário. As novas Radeons exibirão cerca de 16 pixels por polígono, o que, de acordo com a empresa, seria o equilíbrio ideal entre desempenho e qualidade gráfica.

Polígnonos podem conter de 1 a 16 pixels, de acordo com a distância
Imagem: Chip Hell

A imagem acima mostra de forma visual a utilização da técnica de tesselation. Dependendo da distância em relação ao jogador, os objetos exibidos na tela podem conter de 1 a 16 pixels por polígono, garantindo um uso ideal das capacidades do computador. Gamers com máquinas não muito potentes agradecem!

Todas estas funcionalidades são possíveis graças à presença nas placas da segunda geração do Directx 11, que faz a interface entre os games e o hardware, fornecendo instruções para que os recursos das máquinas sejam utilizados da melhor forma possível.

Nova placa da AMD
Imagem: Chip Hell

O aumento no desempenho das novas Radeons não se reflete em um maior consumo de energia. De acordo com dados apresentados pela AMD para a HD 6870, o consumo máximo da placa continua em 150 W, assim como a geração anterior, mas quando estiver inativa, o equipamento consumirá apenas 19 W, contra 27 W da série 5.

A AMD quer briga

Para apimentar ainda mais a competição, a AMD apresentou uma série de gráficos de benchmark exibindo o poderio de suas novas placas em relação à concorrência, mais precisamente, as placas GeForce GTX 460. Jogos que demandam muitos recursos da máquina foram utilizados para a comparação e, em alguns casos, as novas Radeon exibiem desempenho cerca de 50% maior.

Um dos jogos utilizados na comparação foi o famoso “Crysis”, conhecido por ter gráficos poderosos e pesados. No benchmark, a Radeon HD 6870 apresentou performance 40% maior que a concorrente. Já em “Borderlands”, o gráfico exibe uma melhoria de desempenho impressionante, mais de 50% maior que o equipamento de 1 GB da Nvidia.

Apesar de estarmos tão próximos do lançamento, a AMD ainda não informou o preço sugerido das placas. A empresa demonstra ainda não estar disposta a ficar parada, e já fala sobre a próxima placa da série 6, a Radeon HD6990, que promete ser ainda mais potente que os dispositivos prestes a serem lançados.

 

Para apimentar ainda mais a competição, a AMD apresentou uma série de gráficos de benchmark exibindo o poderio de suas novas placas em relação à concorrência, mais precisamente, as placas GeForce GTX 460. Jogos que demandam muitos recursos da máquina foram utilizados para a comparação e, em alguns casos, as novas Radeon exibiem desempenho cerca de 50% maior.

Um dos jogos utilizados na comparação foi o famoso “Crysis”, conhecido por ter gráficos poderosos e pesados. No benchmark, a Radeon HD 6870 apresentou performance 40% maior que a concorrente. Já em “Borderlands”, o gráfico exibe uma melhoria de desempenho impressionante, mais de 50% maior que o equipamento de 1 GB da Nvidia.

Apesar de estarmos tão próximos do lançamento, a AMD ainda não informou o preço sugerido das placas. A empresa demonstra ainda não estar disposta a ficar parada, e já fala sobre a próxima placa da série 6, a Radeon HD6990, que promete ser ainda mais potente que os dispositivos prestes a serem lançados.

Cupons de desconto TecMundo: