(Fonte da imagem: Reprodução/NeoGAF)

Uma das regras não escritas do mundo da computação é que os produtos da AMD são voltados a quem não deseja gastar muito, enquanto aqueles fabricados pela Intel são mais apropriados a quem deseja obter o maior poder bruto do mercado. Apesar de esse cenário se manter inalterado há alguns anos, ele pode estar prestes a mudar graças ao lançamento da linha Kaveri da AMD.

Benchmarks divulgados pelo site PurePC (reproduzidos pelo NeoGAF) mostram que os novos processadores da empresa superam a arquitetura Haswell na reprodução de jogos eletrônicos na ausência de placas de vídeo dedicadas. Já na presença de uma GPU dedicada, há poucas disparidades na performance gráfica entregue pelos chips das duas fabricantes.

Um dos destaques da arquitetura Kaveri é o fato de ela ser compatível com a tecnologia Mantle, que promete um desempenho muito maior do que o oferecido pelo Direct X 11. Segundo a AMD, Battlefield 4 se mostra 45% mais rápido rodando com o auxílio da tecnologia, algo que deve agradar a jogadores hardcore atentos à quantidade de quadros por segundo de seus jogos.

Embora isso não signifique necessariamente que a linha Intel Core vá perder espaço no mercado, os benchmarks servem como prova de que a AMD está atenta às demandas dos consumidores. Apesar de a empresa geralmente oferecer uma boa relação custo-benefício em seus produtos, não são raras as vezes em que ela é tratada somente como uma “segunda opção” quando se leva em consideração o desempenho proporcionado por concorrentes.

Cupons de desconto TecMundo: