(Fonte da imagem: Reprodução/Wccf Tech)

A fabricante AMD revelou seus planos de produção de chips para o próximo ano, e, apesar de indicar algumas transições nos equipamentos, as novidades não chegam a entusiasmar ninguém.

Entre os dados divulgados pela empresa, foi anunciado que o Piledriver, o processador AM3+ de oito cores baseado na arquitetura Bulldozer, continuará sendo o chip topo de linha da AMD no próximo ano, mesmo que a APU Kaveri, com arquitetura Steamroller, esteja sendo preparada para um lançamento em janeiro.

Essa notícia parece indicar que o novo chipset não está alcançando o desempenho de processamento esperado pela AMD. Na conferência APU13 na semana passada, a exibição de sistemas equipados com o sistema Kaveri, registrando uma frequência média de 3,5 GHz, mostrava a performance inferior em relação à dos equipados com o Piledriver.

(Fonte da imagem: Reprodução/Extreme Tech)

Os chips Kaveri são a terceira geração de APUs de alta performance da AMD, e acredita-se ainda que eles devem estabelecer um novo nível de eficiência em processamento gráfico e computacional. No entanto, os núcleos Piledriver continuarão dominando as peças da AMD em grande parte do ano de 2014 nos sistemas para servidores e desktops de alta capacidade, e o novo chip ARM Cortex-A57 deve assumir o segmento de menor potência de processamento a partir da metade do ano.

Cupons de desconto TecMundo: