(Fonte da imagem: iStock)

A AMD anunciou uma empreitada que está sendo considerada arriscada por muitos analistas de mercado. A companhia anunciou seu primeiro chip ARM para servidores, com a ideia de levar o mesmo poder de processamento e economia de energia encontrados em tablets e smartphones também para esses equipamentos.

O objetivo é investir em um nicho que está ganhando força, apesar de ainda estar em seus estágios iniciais. A empresa pretende, também, invadir um mercado que hoje é dominado pela Intel, criando o que seriam os processadores mais velozes já produzidos pela AMD. Os dispositivos teriam opções com 8 ou 16 núcleos e, no mínimo, 2 GHz.

O lançamento está marcado para o segundo semestre de 2014.

Cupons de desconto TecMundo: