Desde que a AMD constatou que houve uma queda bastante considerável na venda dos seus produtos, a empresa decidiu diminuir a quantidade de funcionários que trabalham para ela. Em uma das ações para que isso aconteça, o centro de desenvolvimento localizado em Dresden, cidade da Alemanha, foi fechado.

Com isso, 25 colaboradores que faziam parte do mailing de desenvolvedores do kernel do Linux foram dispensados. De acordo com as fontes consultadas, o caso das demissões não vai afetar a “construção” da GPU e APU voltados para o sistema operacional aberto mais famoso e usado do mundo.

Além disso, não se sabe qual equipe vai ficar responsável pelo trabalho que era conduzido no centro de Dresden. A grande aposta para essa substituição é o grupo que trabalha nas dependências de Austin, no Texas.

Cupons de desconto TecMundo: