Atenção: a AMD lançou um comunicado oficial, o qual está no final desta notícia.

A Radeon RX 480 acabou de ser lançada, mas parece que a fabricante vai encarar uma série de problemas para atender a alguns jogadores furiosos que estão tendo problemas com o produto.

De acordo com reclamações no próprio fórum da AMD, a nova placa de vídeo parece estar causando algum tipo de defeito na placa-mãe, sendo que em alguns casos ela até inutiliza o componente em questão.

Paralelamente a tais relatos, alguns especialistas na web postaram informações nesta sexta-feira comentando sobre um problema de consumo excessivo de energia. Conforme as verificações, a Radeon RX 480 parece usar mais do que 75 watts provenientes deste barramento.

E qual o problema disso?

Bom, na verdade, é um problema muito grave, uma vez que o PCI-Express é um barramento padronizado — e qualquer companhia que faça um projeto para tal componente deve obedecer as determinações da PCI-SIG. O padrão exige o consumo máximo até esse limite de 75 watts, uma vez que excessos podem causar danos ao hardware.

O barramento foi feito com base em várias medições, as quais revelam que a passagem excessiva de corrente pode sim danificar a área de contato. Os materiais usados no barramento foram projetados apenas para uma determinada tensão e corrente (que geram a respectiva potência de 75 watts).

De acordo com os especialistas, o problema se agrava ainda mais quando o usuário altera o Power Limit (opção que justamente limita a passagem de corrente adicional) da RX 480. É muito comum que jogadores que buscam fazer overclock alterem esse valor.

Na maioria dos casos, quando o usuário modifica o Power Limit, a placa tende a obter mais energia através do conector adicional de energia. Contudo, no caso da Radeon RX 480, o conector já está no máximo, então a placa parece obter a corrente extra do PCI-Express.

O problema em questão é muito grave e pode até afetar as vendas do produto. Nossa recomendação é que os jogadores que comprarem a placa não alterem o Power Limit e evitem a prática de overclocking.

O que a AMD diz sobre o caso?

Como vocês sabem, nós fazemos ajustes constantemente em nossas GPUs para maximizar o desempenho para os respectivos projetos de energia e interfaces de memória, que, neste caso, é de uma placa que alcança a incrível velocidade de 8 Gbps com a tecnologia GDDR5.

Recentemente, identificamos casos isolados em que os ajustes de algumas placas com o chip RX 480 não estavam otimizados. Felizmente, nós podemos ajustar a regulagem dessas GPUs através do software da Radeon para solucionar o problema.

Nós já estamos testando uma nova correção de driver e vamos lançar um update para a comunidade com o progresso realizado nesta próxima terça-feira (5 de julho de 2016).

Cupons de desconto TecMundo: