Durante sua mais recente conferência com acionistas, a AMD confirmou que vai lançar a linha de GPUs Polaris na metade de 2016. A companhia prepara duas versões da tecnologia: um “chip pequeno” conhecido como Polaris 11 (voltado para notebooks) e outro com dimensões maiores — o Polaris 10 — voltado ao uso em desktops.

Segundo a fabricante de hardwares, o desempenho energético dos novos produtos deve ter o dobro da eficiência das opções disponíveis atualmente no mercado. Outra vantagem da nova linha é o fato de que deve apresentar mais facilidade em trabalhar com games rodando nativamente no padrão Ultra HD.

A Polaris 10 deve ter como base a arquitetura GCN 4.0 e deve permanecer a opção “top de linha” da AMD até sua substituição pela linha Vega na metade de 2017. Para demonstrar o poder de suas novas placas de vídeo, a companhia mostrou no evento Capsaicin uma cópia de Hitman rodando a 60 quadros por segundo constantes na resolução 1440p (usando como base a API DirectX 12).

Hitman rodando em uma GPU da linha Polaris

Até o momento, não está claro qual nome oficial a fabricante deve adotar em sua GPU mais poderosa — rumores indicam que a Polaris pode fazer sua estreia nas linhas Radeon R9 490 ou R9 480. Vale notar que, mesmo com o lançamento da nova linha, a Fury X deve continuar como placa de vídeo mais poderosa da companhia este ano, sendo a opção mais recomendada para os entusiastas que dispõem dos recursos financeiros para adquiri-la.

O que você espera da linha Polaris da AMD? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: