A disputa entre usuários NVIDIA e AMD é antiga e não tem data para acabar — tanto, que já faz parte do hall de "grandes embates", que traz iOS vs Android, Windows vs Mac e algumas outras tretas. Por isso, um rumor surgiu desde o lançamento de Gears of Wars Ultimate Edition, na semana passada: o jogo roda muito mal para usuários de placas AMD por causa da NVIDIA PhysX.

O pessoal do ExtremeTech resolveu tirar a prova e realizou alguns testes de jogo. Ao utilizar uma máquina equipada com uma placa de vídeo AMD Radeon Fury X, a equipe rodou a ferramenta de benchmark Perfmon. O pessoal também encontrou vários arquivos INI, relacionados ao jogo, com a seguinte configuração: "bDisablePhysXHardwareSupport=True".

Neste ponto, os testes não encontraram uma diferença gritante sobre a ferramenta da NVIDIA. Com o PhysX desabilitado, a o valor médio no benchmark foi de 13,63%. Já com ele habilitado, alcançou 14,62%. Após a AMD, a equipe fez o mesmo teste com uma placa de vídeo NVIDIA GTX 980 Ti. O valor médio marcado foi de 11,77%. Porém, a taxa de quadros dobrou quando comparada com a R9 Fury X.

Abaixo, você vê as imagens de resultados, com configurações de PhysX habilitadas e desabilitadas ("True" e "False").

Causa problema ou não?

Não há qualquer prova de que a culpa do jogo Gears of War rodar com problemas em placas AMD seja da NVIDIA, ou, mais precisamente, do PhysX. Contudo, o game não foi bem otimizado para usuários com hardware AMD, algo similar ao que aconteceu com Batman: Arkham Knight. Então a dica é: se a sua placa de vídeo é AMD, infelizmente, fique longe do Gears of War Ultimate Edition — por hora, talvez algum driver aumente a taxa de quadros para uma experiência melhor dentro de algumas semanas.

AMD x NVIDIA. Qual placa vale mais a pena comprar? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: