(Fonte da imagem: Reprodução/GTV Source)

Tentando competir diretamente com a Apple TV e o Chromecast, a Amazon vinha correndo para finalizar e lançar seu set-top box (provisoriamente chamado de Firetube) a tempo das comemorações de fim de ano. No entanto, fontes do The Verge informaram que a empresa decidiu adiar seu dispositivo, que provavelmente só sairá depois da temporada de feriados.

Segundo essas fontes, o aparelho é baseado em uma variante do Android similar aos tablets da linha Kindle Fire da companhia e vai contar com aplicativos desenvolvidos por terceiros em adição aos seus próprios serviços. As semelhanças chegam ao ponto de alguns códigos que funcionam nos portáteis da Amazon também servirem para o novo gadget de TV, o que implica que ele roda uma versão do Fire OS.

Embora a adição de apps de outras empresas seja um diferencial, o recurso de maior destaque certamente será o acesso à biblioteca da companhia de vídeos Prime. A Amazon tem ressaltado esse serviço nos últimos tempos, oferecendo visualização por meio do Kindle Fire HDX e até mesmo criando conteúdo completamente original.

(Fonte da imagem: Reprodução/Android Community)

Balde de água fria

Embora a Amazon ainda não tenha anunciado o Firetube oficialmente, o Bloomberg Businessweek reportou em abril que o set-top box estava sendo desenvolvido nas instalações do Lab126 da empresa, a divisão de pesquisa e criação na qual muitos dos produtos da companhia voltados para os consumidores são inventados.

Ao longo do último ano, houveram muitas atividades reportadas no local, incluindo uma expansão agressiva do setor, testes de padrões avançados de wireless e até mesmo rumores sobre um smartphone com cinco câmeras e uma interface tridimensional.

Mês passado, o Wall Street Journal informou que o novo produto havia sido adiado para esta primavera, mas este novo atraso torna cada vez mais improvável a chegada do set-top box a tempo do Natal. Levando em conta o histórico de investimentos agressivos da Amazon com relação ao preço de seus produtos, acreditava-se que o aparelho alcançaria grande quantidade de vendas no final do ano – tornando a notícia um balde de água fria nos ânimos de todos. 

Cupons de desconto TecMundo: