Recurso em 3D funcionaria a partir da interação entre quatro câmeras. (Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Estariam dois smartphones prestes a ser anunciados pela Amazon? Parece que sim. Pelo menos essa é a informação que tem sido replicada por sites especializados em tecnologia mundo afora. Vale lembrar que, devido à inexistência de um comunicado oficial, tudo aqui não passa de especulação.

Ainda assim, é importante dizer que estes rumores não foram, até o momento, “desmentidos” pela Amazon – o que pode indicar a existência de um “fundo de verdade” nesta história toda. Mas falamos de quê? Ainda de acordo com os portais Tech Crunch e Hacker News, endereços responsáveis por iniciar a tal discussão, um aparelho mais barato e outro equipado com recursos 3D estariam sendo desenvolvidos pela Amazon.

Smith

Mas não espere um portátil inspirado em um Nintendo 3DS. O mobile equipado com recursos em três dimensões funcionará, aparentemente, à base da interação entre quatro câmeras dianteiras capazes de “escanear” não apenas o rosto do usuário, mas também o ambiente em torno dele.

Amazon ainda não se pronunciou. (Fonte da imagem: Divulgação/Amazon)

Conforme também sugerem as diversas especulações, este serviço estaria integrado à loja Amazon – ler um produto em 3D e encontrá-lo no tal espaço online, por exemplo, poderia ser uma das possibilidades deste smartphone de nome “Smith”. Se o mobile realmente for anunciado, é provável que o vejamos ao final de 2014 no mercado.

Uma opção mais barata ou até mesmo gratuita

Notícias divulgadas pelo Wall Street Journal e pelo site The Verge afirmam que um smartphone gratuito pode ser revelado pela Amazon até o final deste ano. Porém, o portal Hacker News diz com segurança que uma opção mais barata é que será colocada à venda pela empresa com um software similar ao do Kindle Fire.

Agitação

Não podemos emplacar nenhuma certeza relacionada à existência ou não de qualquer um dos aparelhos. Muitos sites têm reproduzido informações muitas vezes pouco claras sobre os supostos novos smartphones. Cabe a nós esperar por pronunciamentos oficiais por parte da Amazon – que, ao menos até o momento de publicação desta matéria, manteve-se em silêncio.

Cupons de desconto TecMundo: