(Fonte da imagem: Divulgação/Amazon)

A Amazon pode até ainda não ter se voltado para os smartphones, mas continua apostando pesado na sua linha Kindle Fire de tablets. A companhia anunciou recentemente os dois novos modelos HDX, com telas de 7 e de 8,9 polegadas, especificações consideravelmente superiores ao modelo HD do ano passado, melhorias no software em geral e um corpo mais fino e mais leve – isso sem falar na insana tecnologia de suporte, o Mayday.

Os novos aparelhos têm um corpo de magnésio moldado que faz com que eles passem uma grande sensação de leveza, especialmente no que diz respeito à versão de 8,9 polegadas, pesando cerca de 374 gramas. Comparativamente, um iPad 4 de 9,7 polegadas tem aproximadamente 653 gramas, quase o dobro do novo produto da Amazon.

Especificações do Kindle Fire HDX 7"

  • Sistema operacional: Fire OS 3.0 (“Mojito”);
  • Processador central (CPU): Snapdragon 800 (quad-core 2,2 GHz);
  • Processador gráfico (GPU): Adreno 330;
  • Tela: 7 polegadas;
  • Resolução: 1920x1200 pixels;
  • Densidade de pixels: 323 ppi;
  • Memória RAM: 2 GB;
  • Memória de armazenamento: 16 GB, 32 GB ou 64 GB;
  • Câmera frontal: HD;
  • Bateria: 11 horas de duração em uso comum – 17 horas em modo de leitura;
  • Dimensões: 19,1 cm (largura) x 12,8 cm (altura);
  • Espessura: 0,9 centímetro;
  • Peso: 303 gramas no modelo WiFi e 311 gramas no 4G.

Especificações do Kindle Fire HDX 8,9"

  • Sistema operacional: Fire OS 3.0 (“Mojito”);
  • Processador central (CPU): Snapdragon 800 (quad-core 2,2 GHz);
  • Processador gráfico (GPU): Adreno 330;
  • Tela: 8,9 polegadas;
  • Resolução: 2560x1600 pixels;
  • Densidade de pixels: 339 ppi;
  • Memória RAM: 2 GB;
  • Memória de armazenamento: 16 GB, 32 GB ou 64 GB;
  • Câmera digital integrada: 8 megapixels;
  • Câmera frontal: HD;
  • Bateria: 12 horas de duração em uso comum – 18 horas em modo de leitura;
  • Dimensões: 23,1 cm (largura) x 15,8 cm (altura);
  • Espessura: 0,78 centímetro;
  • Peso: 374 gramas no modelo WiFi e 384 gramas no 4G.

Debaixo do capô

Segundo a companhia, os novos gadgets terão três vezes mais desempenho graças ao seu processador Snapdragon 800 de 2,2 GHz, com 2 GB de RAM (o dobro do anterior) e uma GPU Adreno 330 que os dá quatro vezes mais poder gráfico. E isso tudo vem com uma bateria que deve durar até 11 horas – 17 em modo de leitura.

O modelo de 7 polegadas tem uma tela de 1920x1200 e o de 8,9 polegadas conta com resolução de 2560x1600. Ambos os aparelhos serão dual-band, terão duas antenas 802.11n e contarão com uma câmera frontal em HD. Adicionalmente, a versão maior também terá uma câmera traseira de 8 MP.

Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Amazon)

Além disso, os tablets vêm com uma tecnologia de sensores que ajusta automaticamente não apenas o brilho, mas também o contraste das imagens de acordo com a luminosidade do ambiente, o que facilita a utilização tanto em salas escuras quanto debaixo de sol forte. Ambos os dispositivos terão versões com 16, 32 e 64 GB de armazenamento.

Software melhorado

O sistema operacional dos HDX é a mais nova instalação do software da Amazon, uma versão alterada do Android 4.2.2 chamada de Fire OS 3.0 (que tem o codinome “Mojito”). O estilo carrossel não é mais obrigatório, podendo ser trocado por um quadro comum de aplicativos, e a companhia fez melhorias consideráveis nos apps de email, calendário e edição de documentos.

Além da grande lista de conteúdo para Kindle, incluindo de livros e filmes até os softwares da crescente Amazon Appstore, agora será possível fazer o download do Prime Instant Videos para assistir às gravações offline. Basicamente, isso significa que os donos do HDX têm acesso à maior coleção de DVDs do planeta.

Outra novidade interessante é o X-Ray, que adiciona letras às músicas que você estiver ouvindo e pode até identificar a canção que estiver tocando em um show ou filme a que você assistir. Além disso, a ferramenta fornecerá a você curiosidades sobre o que estiver vendo, histórias dos personagens e todas as informações disponíveis no IMDb.

(Fonte da imagem: Reprodução/Amazon)

Socorro imediato

O ponto mais curioso, no entanto, fica por conta do botão Mayday, que aparece quando você arrasta o painel de configurações do topo da tela do Fire. Basicamente, acionar o recurso faz com que você receba uma chamada em vídeo com um técnico que fornecerá apoio para solução de problemas com o tablet em até 15 segundos, 24 horas por dia.

Durante a conversa, seu microfone é ativado, mas a câmera não – o que significa que você não precisa se preocupar em ser visto enquanto pede ajuda do banheiro. Os funcionários da empresa podem explicar como fazer algo, analisar a situação, dar instruções visuais por meio de setas e diagramas desenhados na sua tela ou até mesmo tomar controle do seu aparelho remotamente e arrumar o problema por conta própria.

Sabendo que está caminhando sobre gelo fino, já que esse tipo de recurso pode levantar receios quanto à privacidade e à segurança das informações enquanto os técnicos estiverem “invadindo” seu aparelho, a Amazon criou uma série de comerciais de TV para mostrar o recurso como algo amigável e simples. Um deles chega ao ponto de ressaltar que o especialista de suporte não consegue ver você. Confira abaixo.

E quanto custa?

Os novos Kindle Fire HDX chegam ao mercado pelo preço de US$ 230 (cerca de R$ 513) para o modelo de 7 polegadas e US$ 380 (em torno de R$ 848) para o de 8,9, passando para respectivos US$ 330 (aproximadamente R$ 736) e US$ 480 (quase R$ 1.071) com o acréscimo de compatibilidade com LTE. Além disso, a empresa também divulgou que a versão aprimorada do Fire HD do ano passado está disponível por US$ 140 (aproximadamente R$ 312).

Cupons de desconto TecMundo: