A Amazon acaba de anunciar o próximo passo para a expansão da sua loja de aplicativos para Android. Diversos desenvolvedores da Appstore foram notificados hoje, 17, de que seus conteúdos passarão a ser distribuídos para quase 200 países. Entre eles, Austrália, Canadá, México, Índia, África do Sul, Coreia do Sul e também o Brasil. A previsão é de que a nova cobertura passe a valer em algum momento durante “os próximos meses”.

Após o lançamento nos EUA, a Amazon já havia levado a sua Appstore para o Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha e Japão. Embora o Kindle Fire ainda não esteja disponível nos novos mercados, a companhia afirma que os consumidores poderão baixar o aplicativo da Amazon, o que permitirá à varejista vender conteúdos por fora da Google Play Store.

Naturalmente, os últimos anúncios reforçam a ideia de que a Amazon quer mesmo bater de frente com a Google e com a Apple, formando o que poderia ser chamado de “um novo ecossistema mobile”. Embora a empresa ainda se mantenha reticente sobre uma possível expansão dos seus aparelhos por novos territórios, há, ao que parece, a garantia de que o Kindle Fire permanecerá com lançamentos anuais em mercados que já têm suporte.

Cupons de desconto TecMundo: