(Fonte da imagem: Thinkstock)

Livros usados são um bom negócio: se o dono antigo cuidou bem deles, você pode obtê-los em sebos e outros estabelecimentos por um preço bem abaixo do original e com um visual quase novo em folha. Mas você já ouviu falar em e-book usado?

Pois isso existe – e é a Amazon que detém a patente para comercializá-los. De acordo com uma autorização de direitos autorais recentemente concedida nos Estados Unidos, a empresa ganhou o poder de criar uma loja secundária que venda objetos digitais “usados”, já comprados por alguém e armazenados em um perfil personalizado de usuário.

Esse tipo de mercado não é exatamente novo: em 2011, a ReDigi lançou uma loja para músicas usadas – ou seja, canções previamente adquiridas de outras lojas que eram vendidas por preços ainda menores. A mesma empresa planeja expandir os negócios para a área de e-books, provavelmente tendo a Amazon como principal concorrente.

Cupons de desconto TecMundo: