(Fonte da imagem: Reprodução/BJC)

Se você costuma comprar Blu-rays, DVDs e CDs via Amazon, a partir de agora você terá que desembolsar quase o dobro do valor para trazer a mercadoria para o Brasil. Desde o início desta semana, as compras online feitas em uma das maiores lojas virtuais do mundo agora estão sujeitas a uma nova tributação, que pode encarecer em até 95% o valor dos produtos.

Segundo informações da Amazon, obtidas pelo BJC, o aumento nos impostos é um a exigência do governo brasileiro, uma vez que houve uma alteração nos procedimentos alfandegários do país. Apenas livros continuam isentos de qualquer tributação, conforme a lei.

Com exceção deles, todo e qualquer produto adquirido sempre esteve sujeito a impostos. O que acontece é que até então a loja não era obrigada a cobrá-los. Os produtos eram despachados para o Brasil e, somente caso a Receita decidisse que você deveria pagar o imposto (o processo é feito por amostragem) é que ele era cobrado.

Entretanto, a partir de agora o imposto é cobrado já na hora da compra, o que torna tudo mais caro. A medida, ao menos por enquanto, entrou em vigor apenas na Amazon dos EUA. As lojas do Reino Unido, da França, da Alemanha, da Itália e da Espanha ainda não estão aplicando a nova forma de tributação.

Na imagem acima você confere um exemplo de como o imposto é aplicado. Em uma compra no valor de US$ 10,97, a taxa de entrega é de US$ 7,98, totalizando US$ 18,95 (o equivalente a R$ 38). Porém, com a incidência dos impostos, o valor da compra passa para US$ 36,98 ( o equivalente a R$ 74).

Fonte: BJC

Cupons de desconto TecMundo: