Neste começo de junho, a fabricante Alcatel Onetouch colocou um novo smartphone no mercado brasileiro. Trata-se do Alcatel OneTouch Pop 2, que chega às lojas de todo o país pelo preço sugerido de R$ 619 — havendo chances de que ele seja encontrado por valores um pouco mais baixos. Nessa faixa, ele pode ser considerado um smartphone que fica entre os aparelhos de baixo custo e intermediários.

Mas quais são os recursos presentes no dispositivo? O valor de R$ 619 é condizente com o que ele oferece? Nós testamos o smartphone e trouxemos todas as impressões que tivemos dele para você. Confira o nosso vídeo e também leia esta análise completa para saber o que existe de bom e o que poderia ser melhorado neste aparelho. Será que ele é uma boa opção para você?

Design

Mesmo sem inovar no mercado, o Alcatel OneTouch Pop 2 tem um design bonito e sóbrio. Os botões frontais são bem separados, garantindo que não exista confusão na hora de pressioná-los, e os laterais também apresentam uma boa disposição. Quanto à construção, podemos dizer que ele passa bastante segurança e ergonomia aos consumidores.

Isso vale tanto para as seguradas comuns — quando os celulares são usados com apenas uma mão — quanto para o manuseio de aplicativos com as duas mãos. E também vale dizer que, apesar da estrutura plástica, ele está longe de ser frágil. Em resumo, o Pop 2  é um dispositivo que não vai deixar os consumidores com sensação de insegurança na utilização.

Tela

A tela presente no aparelho é de 4,5 polegadas, mas possui resolução de apenas 854x480 pixels. Ela pode ser considerada um dos pontos fracos do produto,e a grande responsável por isso é a limitação encontrada no ângulo de visão. É preciso estar com o dispositivo completamente perpendicular aos olhos para que a demonstração dos conteúdos seja perfeita.

Mais do que isso, devemos dizer que em muitos momentos fica difícil identificar tudo o que está na tela, por causa da baixa definição aliada aos ângulos de visão. O tempo de resposta e a luminosidade são bons, mas ficam prejudicados por tudo o que dissemos anteriormente.

Hardware

O OneTouch Pop 2 tem o hardware bastante condizente com o mercado intermediário. O processador utilizado é um quad-core (modelo não especificado pela fabricante) e o clock máximo do chip é 1,2 GHz. Ainda precisamos mencionar a memória RAM de 1 GB, que se alia ao processador e torna o hardware suficiente para a execução dos aplicativos básicos de comunicação e entretenimento.

Se estivermos pensando em jogos mais pesados, a história pode mudar um pouco. Esse tipo de conteúdo exige mais dos componentes, o que significa que pode demorar bastante para que os apps sejam executados.  É preciso ter em mente que, em muitos casos, o desempenho vai ser inferior ao que se encontra em um smartphone mais voltado para games.

Quanto à memória interna do Alcatel OneTouch Pop 2, é importante dizer que ele traz 5 GB de armazenamento efetivo para todos — sendo 8 GB de memória total. Isso garante espaço suficiente para a instalação de aplicativos e documentos. Com cartões externos, ainda podem ser guardados até 32 GB de dados.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 4.4
  • Tela: 4,5 polegadas
  • Processador: quad-core de 1,2 GHz (modelo não confirmado)
  • Memória RAM: 1 GB
  • Memória de armazenamento: 8 GB
  • Câmera traseira: 5 megapixels
  • Câmera frontal: 1,3 megapixel
  • Dimensões: 13,2 cm (altura) x 6,54 cm(largura)
  • Espessura: 0,99 cm
  • Peso: 147 gramas
  • Preço sugerido: R$ 619

Análise de Benchmarks

Para a elaboração de nossa análise, realizamos uma série de testes com sistemas de benchmarks para Android. Abaixo você pode conferir o desempenho dele em comparação com outros aparelhos que se encaixam na mesma faixa de preço.

Como você pode ver, o desempenho do Alcatel OneTouch Pop 2 é bem parecido com o visto nos aparelhos Moto E (segunda geração), Samsung Galaxy A3 e Sony Xperia E4, tendo alcançado os melhores resultados na maioria dos testes. Ele apenas ficou atrás do Sony Xperia E4 no teste Basemark X, que mede a performance dos smartphones em games.

Interface e apps-padrão

O celular da Alcatel é vendido com um grande número de apps já instalados, incluindo alguns games em versão demonstrativa e softwares das operadoras. Isso facilita o conhecimento do aparelho no primeiro momento, mas pode ser um grande incômodo após algum tempo. Não há como transferir os dados para o cartão de memória, mas felizmente é possível desinstalar grande parte do bloatware.

Quanto à interface, é preciso mencionar que a Alcatel fez poucas mudanças no Android KitKat, e isso torna o sistema bem leve e rápido. A fabricante ainda promete que o sistema operacional será atualizado para o Lollipop, mas até o momento não existe uma data oficial para que isso aconteça.

Câmeras integradas

A câmera traseira do smartphone possui 5 megapixels de resolução máxima, mas são outros fatores que deixam a desejar em algumas situações. Apesar de ele não possuir foco fixo nas imagens, os ambientes sem iluminação geram fotos bem borradas — e isso vale mesmo para situações em que o aparelho está totalmente imóvel.  Com mais luz, os resultados são superiores, mas ainda assim deixam a desejar na definição.

O mesmo se aplica à câmera frontal, que não consegue oferecer resultados muito definidos para os usuários. Isso significa não apenas que as videoconferências podem ser prejudicadas, mas também que selfies dificilmente terão a qualidade esperada pela maioria das pessoas.

Recursos multimídia

Em relação aos recursos multimídia, ponto positivo para o OneTouch Pop 2. Ele reproduz vídeos e músicas com boa qualidade, sendo bem condizente com o que se espera de um smartphone nessa faixa de preço. Apesar de os problemas já mencionados na tela, ele pode ser usado para esse tipo de finalidade sem grandes contratempos.

Indo para os recursos sonoros, podemos dizer que o áudio externo é bem definido. Mesmo sem uma grande profundidade nos graves, ele oferece ótimos resultados para os usuários que estão assistindo a vídeos no aparelho. Com os fones de ouvido também há boas impressões. Mesmo sendo simples, ele entrega uma boa qualidade de som para os consumidores.

Conectividade

Um dos grandes elogios ao Pop 2 vai para a conectividade. Com suporte para a internet 4G, ele permite que os consumidores estejam sempre conectados e com ótima velocidade no carregamento das páginas e dados para os aplicativos. Em nossos testes, pudemos perceber que a recepção de sinal do aparelho é bem eficiente, mesmo em regiões mais remotas e com pouca cobertura.

Bateria

Não se deixe enganar pelos números. A bateria do smartphone Alcatel OneTouch Pop 2 é de 1.900 mAh, mas isso não significa que o gadget vá deixar os consumidores sem energia. A autonomia do dispositivo é bem grande e isso significa que você poderá usar seu telefone normalmente durante um dia inteiro de trabalho, por exemplo.

 Vale a pena?

O Alcatel OneTouch Pop 2 está disponível no mercado brasileiro pelo preço sugerido de R$ 619. Este valor é bem condizente com o hardware interno do dispositivo — algo comprovado pelos testes de benchmarks que fizemos durante nossas análises. Mas é preciso lembrar que a tela presente no celular deixa um pouco a desejar — principalmente pela limitação no ângulo de visão.

Se você precisa de um aparelho com conectividade de alta qualidade e bom desempenho nos recursos multimídia e apps de produtividade, o Pop 2 é certamente uma ótima opção — também lembrando que o design faz dele um aparelho bonito e ergonômico. Por outro lado, ele pode não ser suficiente para quem quer jogos pesados e uma câmera excelente. Se esse é o seu caso, talvez seja melhor guardar um pouco mais de dinheiro e partir para opções mais poderosas.

Cupons de desconto TecMundo: