Elon Musk disse que não vai funcionar, mas a Airbus não quer nem saber: se depender dela, nós vamos sim andar de táxis voadores por aí no futuro – pelo menos se estivermos nos Estados Unidos, no caso. Para provar isso, a fabricante de aviões soltou um vídeo demonstrando como o Projeto Vahana vai funcionar.

A demonstração mostra uma mulher virtual chamada Deborah, solicitando a sua carona através de um aplicativo no smartphone, algo muito similar ao que já fazemos com os apps de ride sharing hoje, como é o caso do Uber e do Cabify, por exemplo. A diferença, no entanto, é que em vez de um carro normal com um motorista, um veículo voador é visto aterrissando em um edifício perto da solicitante.

Depois disso, a Airbus explica mais de como vai ser o conceito por trás de tudo: o Vahana vai entrar em contato com o controle de tráfego aéreo local e estabelecer sua trajetória até o destino. Com a rota definida e livre, é só Deborah entrar no veículo para que ele faça uma checagem pré-voo e decole (de forma vertical, vale apontar), seguindo até o local desejado – inclusive desviando de pássaros e avisando outros veículos da frota a respeito.

O preço da viagem na demonstração? US$ 77, ou R$ 256, o que não é necessariamente barato para um voo de menos de 100 quilômetros. Em contrapartida, o trajeto é feito em apenas 18 minutos, o que é significativo em horários de pico.

No vídeo tudo parece muito bacana e legal, mas resta saber se isso daria certo na vida real e em escala massiva, como o serviço planeja funcionar. Será que o controle de tráfego aéreo vai conseguir manejar as coisas de forma tranquila e fácil? Quantos Vahanas poderão voar por aí?

Essas e outras tantas perguntas, pelo visto, só poderão ser respondidas quando (e se) o projeto começar a tomar uma forma mais concreta. Uma coisa é certa: não é só a Airbus que está interessada no conceito, já que a Uber também quer ter drones de transporte de pessoas voando por aí nos próximos anos e a Toyota está trabalhando para fazer o seu próprio veículo voador até 2020.

A Airbus vai falar mais sobre o Vahana no Paris Air Show, que acontece na semana que vem. O futuro, enfim, pode ser dos “carros” voadores mesmo.

Cupons de desconto TecMundo: