(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Depois de apresentar seu novo modelo de negócios para produtos, agora baseados em assinaturas, a Adobe mostrou na abertura da MAX 2013 vários detalhes das novas versões de seus programas, que vai se chamar CC. Grandes novidades foram citadas principalmente para softwares de webdesign.

Diversos dispositivos, um website

Um grande desafio para os desenvolvedores de websites hoje é fazer uma página que possa ser aberta em diversos dispositivos diferentes de maneira personalizada. Por exemplo: se você abrir o site no PC ele é apresentado de uma maneira e se aberto no smartphone ou tablet aparece de outra forma - mas o conteúdo continua sendo o mesmo.

Levando em conta o fato de que muitos designers utilizam o Photoshop para projetar páginas, com elementos cuidadosamente alinhados e organizados, a Adobe pensou em aproveitar para adicionar uma função, chamada Generate WebAssets. Basicamente, ela permite exportar cada elemento de maneira separada, automaticamente.

Edge Reflow CC: reorganizando o layout

A exportação dos elementos permite que camadas de imagens e de estruturas da página podem ser salvas de forma completamente automática para utilizar de fato na "montagem" de um website logo em seguida. Junto com isso surge um novo software: o Edge Reflow CC.

(Fonte da imagem: Adobe)

Junto com os elementos exportados, um arquivo próprio do programa é gerado, o que permite que você rearranje tudo na tela de forma muito simples. É possível criar versões da página com larguras diferentes de maneira muito simples e fácil - basta definir as medidas e arrastar os elementos.

Vale mencionar que o Edge Reflow CC vai além de simples usabilidade em conjunto com o Photoshop. A ideia é permitir a criação de estruturas e estilos CSS de maneira mais descomplicada, para tirar limitações criativas que podem existir durante o desenvolvimento.

Edge Inspect CC: visualização em tempo real

Um dos problemas encontrados por desenvolvedores e webdesigners, principalmente ao tentar fazer um layout multiplataforma, é que muitas vezes a página não fica com o visual planejado ao abrir em dispositivos móveis. Ou seja, é planejado uma coisa e, ao olhar no smartphone, o resultado é outro, por exemplo.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A beleza do programa é que ele faz um rastreamento automático de dispositivos que estejam na mesma rede Wi-Fi e conecta com eles. Assim, é possível ter um preview realmente em tempo real do que você está desenvolvendo, evitando surpresas. Essa funcionalidade virá também como uma extensão do Google Chrome.

Edge Animate CC: o fim das animações em flash?

A ideia desse programa é descomplicar completamente a criação de animações em javascript durante a criação da sua página. No exemplo realizado na abertura do Adobe MAX 2013, foi adicionada a animação de um pássaro e desenhado um trajeto inteligente para o objeto, que passava na frente da página.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Tudo isso pode ser feito de maneira muito fácil e rápida, ainda mais do que no Adobe Flash, que pode ser substituído em muitos websites que queiram colocar animações em suas páginas. Não se sabe ao certo as limitações da ferramenta, mas algumas possibilidades são o desenvolvimento de sites bastante interativos e até mesmo com suporte a swype de dispositivos.

As novas ferramentas estarão disponíveis na Creative Cloud em 17 de junho, mediante assinatura do serviço da Adobe.

O Tecmundo viajou a convite da Adobe a Los Angeles para cobrir os anúncios da Adobe MAX 2013.

Cupons de desconto TecMundo: