Quem é antenado em tecnologia certamente já ouviu falar da Adobe ao menos uma vez. Dona de diversos softwares usados por milhares de pessoas ao redor do globo, ela anunciou, durante a conferência Adobe MAX realizada em San Diego em novembro, o seu mais novo projeto: um programa conhecido como Project VoCo.

Até o momento, não se sabe se a empresa tem planos de torná-lo comercial, mas o seu conceito é no mínimo curioso, para não dizer assustador. Ao utilizar o VoCo, o editor tem a possibilidade de adicionar palavras e frases curtas que não foram ditas apenas tendo uma gravação de uma frase dita por uma pessoa, como é possível assistir no vídeo a seguir.

E como isso funciona?

Segundo seus criadores, o Project VoCo é capaz de gerar palavras novas com base em uma voz que já esteja gravada. Um detalhe curioso é que o software pode reconhecer alguns detalhes do tipo de voz da pessoa e aplicá-los em um texto, por exemplo (entretanto, é preciso ter cerca de pelo menos 20 minutos de material gravado).

Com o auxílio do Project VoCo, você pode mudar totalmente o rumo de uma narrativa com a sua voz

“Quando estão gravando narrações e diálogos, as pessoas geralmente gostariam de mudar ou inserir uma palavra ou algumas palavras seja por um erro que cometeram ou simplesmente porque gostariam de mudar parte da narrativa. Desenvolvemos a tecnologia chamada Project VoCo, por meio da qual você simplesmente digita a palavra ou as palavras que gostaria de mudar ou inserir na narração. O algoritmo faz o resto e tudo vai soar como se a pessoa que falou originalmente tivesse dito aquelas palavras”, explicou a Adobe.

Um detalhe interessante é que a Adobe não classifica esse projeto como algo capaz de apenas utilizar uma tecnologia de fala, mas um recurso capaz de “converter vozes” sem praticamente nenhum tipo de intervenção manual.

Cupons de desconto TecMundo: