Se você utiliza algum software não original da Adobe, prepare-se para “tomar uma bronca” oficialmente: a empresa está começando um processo de verificação da validade de programas desenvolvidos por eles e vai utilizar um recurso que várias outras empresas – como a Microsoft, por exemplo – têm usado no caso de pirataria: encher o usuário de notificações.

Isso vai servir para programas populares e bastante pirateados, como o Photoshop, o Illustrator e o InDesign, além de diversos outros produtos fornecidos pela empresa. Aparentemente, pelo menos por enquanto, a ação vai ficar apenas nas notificações, como essa da imagem a seguir. Apenas no caso de alguma denúncia é que penalidades poderão ser aplicadas.

Notificação da Adobe

Se você recebeu uma notificação, isso significa que o software em seu computador não é um produto genuíno da Adobe

Segundo a própria empresa declarou, “a Adobe faz testes de validação e notifica as pessoas que estão usando softwares não genuínos. Nossos testes verificam a adulteração de softwares e licenças inválidas. Se você recebeu uma notificação, isso significa que o software em seu computador não é um produto genuíno da Adobe. Ele não é coberto por uma garantia, nem por nossos programas de suporte. E por ser possível que ele não tenha o desempenho que queremos, ele pode ser um risco para você e seu trabalho”.

Cupons de desconto TecMundo: