Empresas de peso como Facebook, Yahoo!, Microsoft e Dropbox estão se unindo em prol de algo em comum: o desenvolvimento de mais tecnologias destinadas às pessoas com diferentes tipos de deficiências. Juntas, essas companhias e demais parceiros do ramo de educação, como as universidades de Stanford e Carnegie Mellon, criaram um grupo chamado Teaching Accessibility (ou, em português, Ensinando Acessibilidade).

O objetivo é desenvolver tecnologias que qualquer um pode usar, com modelos de treinamento e ensino para jovens estudantes programarem experiências acessíveis. O grupo analisará interações entre o homem e o computador, engenharias de educação e conceitos de design que atendam a populações diferentes, com pessoas com deficiência em mente.

Um momento histórico e importante

O anúncio do Teaching Accessibility coincide com o vigésimo quinto aniversário do Ato de Americanos com Deficiências, assinado pelo ex-presidente George Bush em 1990 e que garante benefícios a essa parcela da população. De acordo com publicação do Teaching Accessibility, estudantes de diferentes campos do conhecimento precisam aprender a criar tecnologias que sejam verdadeiramente inclusivas aos mais variados tipos de deficientes.

“A acessibilidade deve ser tornar algo popular, pois só assim as tecnologias atingirão o verdadeiro potencial de conectar todo mundo”, diz um anúncio do grupo. Empresas como Google, Apple e IBM também estão reunindo esforços para fazer com que seus produtos sejam mais inclusivos a todos. Esperamos que bons frutos saiam das parcerias entre as empresas do Teaching Accessibility. 

Cupons de desconto TecMundo: