Um grupo de jovens brasilienses está desenvolvendo um jogo projetado especialmente para deficientes visuais. O game, batizado como Herocopter, desafia o jogador a controlar um helicóptero de resgate e salvar vítimas de catástrofes naturais como tsunamis, furacões e terremotos.

O desenvolvimento do título está a cargo da agência iDevelop em parceria com o analista de tecnologia Juliano César Ribeiro, de 31 anos, cego desde bebê por culpa de um erro médico. Fazendo uso do Kinect, Herocopter permite que o deficiente visual controle seu veículo por meio de gestos e movimentos corporais, guiando-se exclusivamente através de um complexo sistema de som tridimensional.

De acordo com Bruno Kenj, cofundador da iDevelop, a previsão é que o título já esteja disponível até o final do ano, sendo comercializado digitalmente por US$ 4,99 (cerca de R$ 10 na cotação atual). Os criadores argumentam que a maior dificuldade enfrentada pela equipe é conseguir patrocínio para que o game se torne viável, mas desde já divulgam o projeto no blog da empresa e nas principais redes sociais.

Cupons de desconto TecMundo: