Um grupo de pesquisadores da Universidade de Miyazaki, no Japão, demonstrou o protótipo de uma cadeira de rodas que poderia dar muito mais mobilidade para quem perdeu os movimentos nas pernas e braços. A novidade pode ser controlada pelo usuário usando apenas expressões faciais e movimentos da mandíbula, por meio de sensores no rosto.

Eletrodos presos na região dos olhos e na bochecha detectam os movimentos da face; um computador ligado ao motor nas rodas interpreta e executa as manobras. Piscar com o olho esquerdo ou direito faz a cadeira girar para mesma direção, enquanto que forçar a mandíbula faz a cadeira acelerar ou parar.

Detectores de presença também auxiliam no controle, fazendo a cadeira desacelerar caso um obstáculo seja encontrado. No vídeo, o Professor Tamura, líder do projeto, afirma que a versão final da cadeira inteligente vai estar disponível em breve, mas com um par de óculos especial no lugar dos fios e eletrodos.

Cupons de desconto TecMundo: