Durante sua apresentação na IFA 2016, a Acer revelou três novos monitores para o público gamer. Todos os dispositivos pertencem à série "Predator", que tem despertado a atenção desse segmento com um design ousado e especificações técnicas bastante interessantes. Como era de se esperar, as novidades não fugiram desse padrão.

Um desses monitores apresentados é o Z271T, que vem com tela de 27 polegadas e curvatura de 1800R (a medida adotada pela indústria). Esse modelo possui resolução Full HD (1920x1080 pixels) e vem preparado para funcionar com a tecnologia G-Sync, da NVIDIA.

Com capacidade de trabalhar com uma taxa de atualização de até 144 Hz e 4 ms de tempo de resposta, o Z271T vai estar disponível no mercado internacional a partir de outubro com preço de US$ 599,99 (aproximadamente R$ 1.943 em conversão direta na cotação atual).

Os outros dois monitores da Acer apresentados pertencem à série XB1 e trazem configurações técnicas bem interessantes. O XB251HQT tem display de 24,5 polegadas com resolução Full HD e a tecnologia "ZeroFrame Display" – o que permite a conexão de dois monitores lado a lado eliminando praticamente toda a borda existente entre eles.

O Modelo XB251HQT ainda tem a taxa máxima de 240 Hz, compatibilidade com o G-Sync e 1 ms de tempo de resposta.

O último modelo provavelmente é o mais impressionante. O XB271HUT tem 27 polegadas com resolução WQHD (2560x1440 pixels) e também tem a tecnologia para permitir conectar dois monitores lado a lado – o "ZeroFrame Display". O dispositivo vem preparado para o G-Sync, da NVIDIA, tem overclock para até 165 Hz para a taxa de atualização de quadros e 4 ms de tempo de resposta.

O XB271HUT vai chegar ao mercado internacional a partir de dezembro, custando a partir de US$ 799,99 (aproximadamente R$ 2.591 em conversão direta na cotação atual).

Rastreamento dos olhos

Além de anunciar esses modelos, a Acer divulgou que os monitores virão equipados com uma nova tecnologia para rastreamento dos olhos. O Tobbi Eye-Tracking é mais um diferencial do que algo indispensável nesses aparelhos, já que não são muitos jogos ou aplicações que oferecem suporte a esse sistema.

Títulos como o recém-lançado Deus Ex: Mankind Divided, alguns games da série Assassin's Creed e The Divison contam com esse suporte. Também é possível controlar, com alguma dificuldade, aplicações do Windows, mas é preciso ter certa paciência para isso. Portanto, as especificações técnicas e o design arrojado acabam chamando mais atenção do que esse sistema de rastreamento de olhos.

Fique ligado no TecMundo, pois faremos a cobertura completa de tudo o que vai rolar na IFA 2016!

Cupons de desconto TecMundo: